quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Filmes: "O Segredo do Abismo"

DE TIRAR O FÔLEGO

Edição Especial traz nova versão com as cenas que haviam sido deixadas de fora, inclusive o grande clímax apocalíptico.

- por André Lux, crítico-spam

Bem antes de "Titanic" e "Avatar", em 1989 o diretor James Cameron realizou um filme que dividiu a opinião de críticos e espectadores. 

Enquanto alguns, como eu, adoraram o clima tenso constante e as cenas de ação palpitante, outros o desprezaram pelas idéias aproveitadas de outras produções e, principalmente, por causa da falta de uma conclusão mais impactante e melhor resolvida.

Apesar de ter naufragado nas bilheterias, O SEGREDO DO ABISMO serviu pelo menos como um "divisor de águas" para o cinema de ficção científica.

Primeiro por trazer efeitos especiais nunca vistos nas telas, que exigiram a criação do programa "Morph" capaz de gerar com resultados surpreendentes imagens que se alongam, se distorcem e se transformam (recurso que foi levado à perfeição pelo próprio Cameron em "O Exterminador do Futuro 2" e hoje em dia já virou obrigatório até nas fitas mais banais).

E segundo por ter levado para o fundo do mar situações que até então só haviam sido exploradas em filmes situados no espaço sideral, o que acabou dando à trama um toque bastante palpável. Além de que o tratamento carinhoso e humano dado por Cameron (também autor do roteiro) aos personagens e às situações está longe dos clichés dos filmes de aventura e ficção.

O elenco também é excelente, com destaque para as atuações despojadas e apaixonadas de Ed Harris e Mary Elizabeth Mastrantonio. Muito boa também é a trilha musical de Alan Silvestri ( de "Predador" e colaborador habitual de Robert Zemeckis), principalmente na parte final, fazendo bom uso de coral de vozes naqueles arranjos capazes de arrepiar até o último fio de cabelo.


O compositor Alan Silvestri
Entretanto, o que muita gente não sabe é que a versão de O SEGREDO DO ABISMO lançada nos cinemas ficou muito longe da idealizada pelos seus realizadores. 

O fato é que durante as filmagens, quase todas feitas dentro do reator de uma antiga usina abandonada que foi inundado, ocorreram todos os tipos de atrasos e acidentes (um deles quase provocou a morte do ator Ed Harris) levando atores e equipe técnica à beira de um ataque de nervos. 

Para piorar tudo, simplesmente não havia tecnologia adequada na época para produzir os efeitos especiais exigidos na conclusão. Esgotado e vencido, James Cameron foi obrigado a tomar decisões drásticas: reduziu a metragem em cerca de 30 minutos, eliminando do filme justamente a sub-trama que daria gancho para o final apoteótico. 

Ficaram na sala de montagem então todas as sequências que mostravam o início de um processo de conflito entre várias nações (uma delas a extinta União Soviética, que deixa o filme com aquele ar de "datado"), que fatalmente deflagaria a 3ª Guerra Mundial. Era aí que entraria a mensagem anti-belicista do filme, representada pela interferência de uma "força maior" nos destinos da primitiva e beligerante humanidade.

Esse era o verdadeiro SEGREDO DO ABISMO que ninguém ficou conhecendo e que acaba justificando o fracasso do filme nos cinemas e a reclamação por um final mais coerente e impactante.

Só que agora, graças à nova tecnologia digital disponível, finalmente podemos ter acesso à versão integral do filme de Cameron. Lançada em DVD, a Edição Especial de O SEGREDO DO ABISMO traz, além da versão normal dos cinemas, a nova cópia com todas as cenas que haviam sido deixadas de fora, inclusive o grande clímax apocalíptico.
Cena da "grande onda" que ficou fora da versão original
Mas foi uma tarefa árdua, pois muitas das cenas inéditas não haviam sido masterizadas e já não possuíam trilha sonora com os diálogo ou efeitos sonoros, o que obrigou Cameron a reunir vários integrantes do elenco para regravar suas falas. 

Além disso, as cenas finais da "grande onda" tiveram que ser completadas e finalizadas pela Industrial Light and Magic com tecnologia moderna não existente na época da produção. Todos esse detalhes poderão ser conferidos no excepcional documentário contido no DVD "Under Pressure: The Making Of THE ABYSS", com mais de uma hora de duração.

O resultado dessa verdadeiro trabalho de "arqueologia cinematográfica" é impressionante. O que você assite na tela é simplesmente outro filme. Não melhor ou pior que o original, mas totalmente diferente. Muito mais rico e profundo (e também pretensioso).
Ed Harry descobre o segredo do abismo
A verdade é que se tivesse sido exibido nos cinemas como havia sido originalmente concebido, dificilmente teria fracassado. Afinal, todos nós - tendo ou não gostado da versão original - sentimos uma ponta de decepção por não termos verdadeiramente desvendado O SEGREDO DO ABISMO.

E agora, será que você tem fôlego para mergulhar nessa aventura de novo?

Cotação: ****

9 comentários:

Fernanda Monteiro disse...

André, eu simplesmente AMO esse filme! Você comprou essa edição especial? Será que eu acho em qualquer lugar?!

Nossa, fiquei muito empolgada para assistir!

André Lux disse...

Oi Fernanda, eu tenho sim a edição especial com dois discos. Na Saraiva tem à venda.

Veja o link: http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/653814/o-segredo-do-abismo-duplo-dvd4/

Fernanda Monteiro disse...

Valeu!!! Vou comprar hj mesmo!!!

Anônimo disse...

Embora tecnicamente impressionante nunca gostei desse filme justamente porque sempre me pareceu que faltava alguma coisa. O roteiro me parecia muito vazio e inútil e quando chegou ao clímax eu me perguntei: bem, então o tal "segredo" é só isso? Era tão ridículo como Avatar.
Não tinha sentido nenhum.
Mas a partir da sua crítica até me animei e vou fazer um teste com o filme completo.

Artur ( Niteroi / RJ ) disse...

Ja tinha visto o filme (provavelmente em dvd) com as cenas do dialogo com os ets, as guerras, a licao de paz, as ondas e tudo mais. Acabei de ver a versao na globo ( versao cortada ! ) e ficou um lixo, cortaram o ponto maximo do filme, achei q fosse mais uma cilada da globo, anyway... A versao do dvd é muito melhor!! #ficaadica ...

Anônimo disse...

Oi André,
No DVD as cenas que ficaram de fora são exibidas independentemente do filme?

André Lux disse...

Não. O DVD vem com duas versões do filme: a editada e a completa. Não tem como ver só as cenas inéditas.

Anônimo disse...

Se não me engano essa versão completa foi lançada a uns 5 anos no Brasil e a impressão de quem viu era de que era mesmo outro filme, o que você agora confirma. Quanto ao filme original eu fico com a maioria: impressionam pelos efeitos (muito avançados para a época) e pelo clima de tensão e mistério, mas o filme não tinha sentido nenhum, porque no fim uma nave alien sai do mar e você fica com cara de otário se perguntando "bem e daí? Esse é o tal segredo? Grande m..." É claro que para mim o filme original deixou a pior impressão possível.

André Lux disse...

Eu adorei o filme mesmo na versão original, que vi no cinema. De arrepiar!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...