Postagem em destaque

Blogueiro pede a sua ajuda!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Tristeza: Morre o ator e músico Nico Nicolaiewsky


O ator, músico, compositor e humorista Nico Nicolaiewsky morreu nesta sexta-feira, aos 56 anos. Ele sofria de leucemia e estava internado no Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre.
 
Conhecido, entre outros trabalhos, pela interpretação do maestro Pletskaya no espetáculo Tangos & Tragédias, no qual dividia o palco com Hique Gomez, Nico estava internado para tratamento desde janeiro. A temporada de verão do espetáculo no Theatro São Pedro, em Porto Alegre, havia sido cancelada em função da doença do artista.

 
Além do Tangos..., que foi criado em 1984 e é exibido em temporadas de verão no São Pedro ininterruptamente desde 1987, Nicolaiewsky mantinha uma prolífica carreira musical, que incluía desde a participação no lendário Musical Saracura, ainda na década de 1970, até uma ópera cômica, As Sete Caras da Verdade, lançada em 2002.
 
O músico viveu 10 anos no Rio de Janeiro, onde estudou com o maestro Hans-Joachim Köellreuter. Além de As Sete Caras..., gravou dois discos solo, Nico Nicolaiewsky(1996), com valsas e canções líricas, algumas incluídas na trilha do filme Amores (de Domingos Oliveira, 1997)  e Onde Está o Amor? (2007), produzido por John Ulhôa, guitarrista do Pato Fu.
 
Com o Musical Saracura, no qual era o responsável pelos teclados e pelo vocal, lançou um LP homônimo, em 1982. A banda misturou influências da MPB tropicalista, do rock e da música regional gaúcha – juntamente com o compositor Mário Barbará, fizeram uma temporada de shows e chegaram a participar de uma edição da Califórnia da Canção Nativa, em Uruguaiana.
 
O Saracura também foi formado por Sílvio Marques (violão), Chaminé (baixo e voz) e Gatinha (que depois foi substituída na bateria por Fernando Pezão, além de estabelecer parcerias com nomes como Zé Flávio e Léo Henkin.
 
Outro registro deixado por Nicolaiewsky, além dos álbuns solo e do disco com o Saracura, é o DVD Tangos & Tragédias na Praça da Matriz, lançado em 2007. O espetáculo "sborniano" também originou um longa-metragem de animação, dirigido por Otto Guerra e apresentado pela primeira vez no Festival de Gramado de 2013. O filme, intitulado Até que a Sbórnia nos Separe, está sendo convertido para 3D e deve ser lançado nos cinemas ainda em 2014. Será a primeira produção em 3D do Rio Grande do Sul.
 
Nico era casado com a atriz Márcia do Canto e deixa uma filha, Nina Nicolaiewsky, nascida em 1993.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...