Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Filmes: "Homem de Ferro 3"

RIDÍCULO

Roteiro é pavoroso, cheio de furos imensos, absurdos e besteiras sem sentido

- por André Lux, crítico-spam

Tudo bem que a franquia do "Homem de Ferro" nunca foi grande coisa (o primeiro filme foi razoável e o segundo bem fraco), mas não precisavam ir para o fundo do poço com essa parte 3.

"Homem de Ferro 3" é sem dúvida um dos piores filmes de super-heróis já feito, chegando ao ponto de ser ridículo. O interessante é que foi escrito e dirigido por um sujeito que tem boa fama entre os fanáticos do gênero, Shane Black, que roteirizou "Máquina Mortífera" e também foi ator em "Predador". Mas seu roteiro é pavoroso, cheio de furos imensos, absurdos e besteiras sem sentido. 

Tony Stark, por exemplo, passa metade do filme tentando consertar uma armadura só para, no final, aparecer mais uma centena delas que estavam no subsolo de sua casa. Não seria muito mais fácil ele simplesmente ir até lá e acioná-las ao invés de ficar perdendo seu tempo em uma cidadezinha no meio do nada? E, falando na armadura, em um momento ela resiste ao impacto direto de um míssil, mas logo em seguida se despedaça toda ao bater na quina da mesa.

Os vilões então são simplesmente patéticos. A motivação e os atos deles não fazem qualquer sentido. A começar pelo Mandarim, numa atuação constrangedora do vencedor do Oscar Ben Kingsley, que certamente estava precisando de dinheiro para aceitar tamanha "pagação de mico". E o que dizer então das pessoas expostas a uma experiência genética que são tão poderosas que chegam até a cuspir fogo? Em uma cena elas sobrevivem a uma explosão de 3 mil graus Celsius e em outra são mortas por uma simples rajada de raio no peito. Sem dizer que são capazes de desabilitar completamente a armadura do Homem de Ferro apenas com um toque da mão!

Ben Kingsley: do Oscar ao mico
Existem várias tentativas forçadas de construir sequências engraçadas, mas quase nenhuma delas funciona, principalmente porque já cansou a maneira posada e artificial que Robert Downey Jr. atua no papel principal. Pior ainda é vê-lo tendo aqueles faniquitos histéricos por causa de acontecimentos narrados em "Os Vingadores". 

Dá pena também ver a coitada da Gwyneth Paltrow (outra vencedora do Oscar) dando uma de "mulher-Hulk" no final! A única cena que funciona é a do resgate das pessoas que caíram do avião do presidente dos EUA.

Infestado de efeitos especiais redundantes e acachapantes, a única coisa realmente boa do filme é sua trilha musical composta por Brian Tyler. O mais estranho é que mais essa aberração roliudiana está fazendo grande sucesso entre o público e a crítica. Mais uma prova que o senso crítico das pessoas está cada vez menos desenvolvido...

Cotação: *

3 comentários:

kayron disse...

Realmente o filme deixou muito a desejar , mas e marvel hoje , está em alta sua popularidade então as criticas não seram grandes como do filme do Hobbit q sinceramente foi um lixo ¬¬

Anônimo disse...

""Homem de Ferro 3" é sem dúvida um dos piores filmes de super-heróis já feito"

Discordo dessa frase. Jamais existirá um filme de super-herói tão ruim quanto o Demolidor. Ou, pior ainda, tão ruim quanto o Batman de 1997. Aquele filme que concorreu a 11 framboesas de ouro.

Rorschach disse...

É... pelo visto, foi uma das pouquíssimas vezes que concordei com o autor. Até na nota (que era 1.5 e abaixou pra 1)!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...