sexta-feira, 27 de abril de 2012

Filmes: "Os Vingadores"

DIVERTIDO E EMPOLGANTE

Assisti ao filme junto a uma platéia lotada e o pessoal vibrou e riu muito com o filme, chegando até a aplaudir no final! Querem maior elogio do que esse?

- por André Lux, crítico-spam

Fazia muito tempo que eu não me divertia e empolgava tanto com um filme de aventura e ficção como esse “Os Vingadores”, que reúne alguns dos maiores heróis da Marvel – quase todos depois de filmes solo, com exceção da Viúva Negra e do Gavião.

Assim, Homem de Ferro, Capitão América, Thor e Hulk, sob o comando de Nick Fury (um empolgado Samuel L. Jackson), reunem-se para combater um exército alienígena que vai invadir a Terra liderados por Loki (o irmão louco de Thor) para roubar um artefato poderoso que apareceu também nos outros filmes dos heróis e foi recuperado pelo governo dos EUA no final de “Capitão América” (que foi o melhor dos filmes da trupe, sendo "Thor" o mais fraquinho).

O grande mérito desse sucesso parece mesmo ser do diretor e co-autor da história, o cineasta Joss Whedon, que é cultuado nos EUA principalmente pelas séries "Buffy" e "Firefly". Ele é um fanático confesso pelos super-heróis da Marvel e conseguiu a proeza de fazer um filme que se segura do começo ao fim, mesmo tendo quase duas horas e meia de duração (mas parece bem menos, o que é sempre um elogio) e muita exposição da trama.

Whedon certamente percebeu que a história central (a invasão alienígena) não fazia muito sentido (se os aliens apenas queriam o artefato, pra que então invadir a Terra?), então concentrou seu foco no relacionamento dos personagens e em muito humor. O maior trunfo do filme (a exemplo do “Capitão América") é justamente não se levar a sério em momento algum, com ótimas sacadas e piadinhas apropriadas na hora certa (a maioria delas disparada por um afiado Robert Downey Jr. como Tony Stark, o Homem de Ferro). Todavia, quem rouba o filme é o Hulk, que depois de dois filmes (o primeiro dirigido por Ang Lee era simplesmente ridículo e o segundo titubeante) finalmente encontra seu espaço. Só a luta dele com o Thor já vale o filme.

Os efeitos especiais são muito bons e o filme tem um excelente desenho de produção, além de uma música para lá de adequada do veterano Alan Silvestri (de “Predador”, da trilogia “De Volta para o Futuro” e também de “Capitão América”). O único defeito talvez seja que é preciso ter assistido a todos os filmes solos dos super-heróis para entender melhor a trama (sem isso muitas piadas e citações vão passar batidas).

Assisti ao filme junto a uma platéia lotada e o pessoal vibrou e riu muito com o filme, chegando até a aplaudir no final! Querem maior elogio do que esse? Para quem gosta do gênero, obviamente, vale a pena cada centavo pago para ver.

Cotação: * * * *

5 comentários:

Cybershark disse...

PANCADARIA DIVERTIDA

Foi um acerto em cheio convidarem Joss Whedon para a direção e roteiro do longa dos Vingadores. Alardeado nos créditos finais de vários filmes "solo" recentes dos heróis da Marvel (quase todos eles, infelizmente, com resultados decepcionantes), o filme criou tanta expectativa entre os fãs que achei que poderia sucumbir ao próprio peso e acabar focando suas lentes demais nos astros mais conhecidos do elenco, deixando os outros em segundo plano - erro que seria fatal para um filme cuja premissa é mostrar uma equipe de heróis em ação sem destacar ninguém, já que são todos igualmente badalados pelos fãs.

Vá lá que a direção de Whedon tem seus contras: a origem televisiva do realizador fica bem marcada pelo excesso de closes e alguns momentos (felizmente, poucos) das cenas de ação em New York ficaram meio confusos por conta da edição corta-picota estilo "Transformers", além da pegada nerd do diretor achar necessário flertar o tempo todo com os outros filmes dos Vingadores, através de um punhado de referências (nem todas sutis).

Mesmo assim, à exemplo do que vimos na série "Firefly" e sua adaptação para cinema, "Serenity" (a obra-prima de Whedon), o diretor é excelente ao filmar a interação entre os membros da equipe e costurar as características individuais de cada um para maximizar nosso interesse neles quando surgem as cenas de ação. "Os Vingadores", felizmente, se foca bastante nisso e é o que o filme tem de melhor.

Fica especialmente bom nos diálogos, nos quais Whedon e os outros roteiristas injetaram bastante humor. Nem o vilão Loki (que já esteve presente no longa solo do "Thor") foge à regra - e isso acontece sem soar intrusivo no andamento da trama principal, um enredo mirabolante que inclui até invasões extraterrestes. Por conta dessa leveza no trato com os heróis, mesmo os personagens mais fascistas e reacionários da Marvel acabam soando carismáticos, como é o caso do Capitão América e do Homem de Ferro (que antes renderam longas-metragens bem fraquinhos). Ainda foram espertos o suficiente pra inserir vários momentos em que os heróis brigam uns contra os outros, o que é sempre um recurso inteligente na medida em que a gente fica sem saber pra quem torcer.

Enfim, "Os Vingadores" pode até não ter nada de revolucionário, mas cumpre o que promete e soube divertir com leveza e bom humor, sem perder o ritmo frenético que o público espera de um longa desse gênero. O ótimo acabamento dos efeitos visuais e a música de Alan Silvestri também ajudaram a empreitada a dar certo. Vai ser sem dúvidas um tremendo sucesso de bilheteria e colocar Whedon, merecidamente, no circuito dos diretores classe A do Hollywood.

NOTA: * * * ½

Remindo disse...

Em Porto Alegre, ontem na sessão das 3 horas o cinema lotou e o público também bateu palmas.

Alexandre Figueiredo disse...

Bacana e divertido. Ótimo filme, principalmente para os apaixonados do gênero.

Marce C. disse...

Melhor filme da Marvel até agora. Muito empolgante ver o universo que eles vao construindo filme apos filme. Gostei muito da sua critica. Concordo plenamente.

Luan Marcel disse...

Eu acredito que Whedon visse sentido na roteiro do filme sim, afinal de contas, foi ele que o escreveu. E Thanos queria o artefato e Loki o a Terra, ou se vingar de Thor. Existe uma teoria bem mais abrangente sobre as intenções de Thanos, eu falo sobre ela em um post que fiz no meu blog. :)

Mas o filme é realmente ótimo. :D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...