Postagem em destaque

Blogueiro pede a sua ajuda!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Quer entender o mundo atual? Então leia até o fim

- por Laerte Braga

A derrota militar e política dos EUA no Vietnã, a luta dos negros norte-americanos e a divisão daquele povo diante das políticas imperialistas, levou a eleição de Ronald Reagan, pois o projeto Nixon havia fracassado. 

Reagan, sem condições de ser síndico de prédio, ou ator principal de um filme, cumpriu o seu papel de canastrão dentro de uma retomada de um projeto político e militar de controle de todo o mundo, logo, das riquezas naturais indispensáveis, como o petróleo. 

Comprou o Vaticano através do cardeal Marcinkus, elegendo um papa disposto a cumprir os desígnios de Washington, acabar com a Teologia da Libertação e se voltar contra a União Soviética. 

Seus intentos foram alcançados, aquela mania de americano de fincar bandeira até na porta da garagem voltou e conseguiu eleger seu sucessor, George Bush, o pai, um idiota perfeito, como o filho George Walker Bush. 

No meio do caminho um Clinton para atrapalhar a insânia da ultra-direita dos EUA. George Bush, o filho, foi derrotado no voto popular e eleito numa fraude na Flórida, onde o governador era seu irmão Jeb. 

É sempre bom lembrar que cinco ministros da Suprema Corte consideraram necessária uma nova votação no distrito onde foi apontada a fraude. Bush filho quase quebrou as empresas da família, quebrou um clube de basebol, fugiu do serviço militar para não ter que ser mandado ao Vietnã e entregou o governo a Dick Chaney, seu vice e empresário de armas e petróleo. 

Com uma nova realidade mundial começa aí a barbárie via ATO PATRIÓTICO, a farsa do 11 de setembro, o pretexto, a invenção das armas químicas de biológicas no Iraque, toda a mentira dos EUA que segue nos dias atuais. Serviços de inteligência terceirizados, recrutamento e treinamento militar também, campos de concentração, prisões clandestinas, apoio total a Tel Aviv no genocídio contra palestinos, tudo isso dito aqui de forma reduzida, mas creio clara. 

Obama é só um pateta que entrou no governo e se viu obrigado a aceitar a realidade que fora construída e optou pelo "relaxar e gozar". Defendem os direitos humanos, mas não subscrevem o tratado que criou o Tribunal Penal Internacional, nem os EUA e nem Israel. 

Já começam a deitar ramas sobre a América Latina de forma mais intensa ao enrolar Dilma Roussef, temerosos do BRICS e de governos populares em vários países, enfim, dos assassinatos seletivos que assustaram até a chanceler alemã, Ângela Merkel, as prisões ilegais, a tortura autorizada, toda a estupidez de uma nação de uma boiada, com exceções evidente. 

O "atentado" ao jornal "satírico" francês cai como uma luva nos projetos terroristas da organização ISRAEL/EUA TERRORISMO S/A. E, neste domingo, na passeata em Paris, o assassino de crianças Benjamin Netanyahu. 

E a mídia sionista, à frente o israelense Ralph Murdoch, tecendo loas à liberdade de expressão e uma grande manada confundindo liberdade de expressão com desrespeito e provocação. 

E dois supostos "terroristas" eliminados, silenciados, para que não se tenha, a manada, a menor idéia do que de fato houve. 

JE NE SUIS PAS CHARLIE.

Um comentário:

Anônimo disse...

Peraí, então se alguém é conservador, então é garantia de que a pessoa é um lixo?!Bela generalização essa...(exijo resposta)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...