Postagem em destaque

Blogueiro pede a sua ajuda!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Alunos do SESI participam de atividade do projeto de conservação da Ponte Torta


Na sexta-feira (28), a carreta itinerante do projeto Ações de Conservação e Zeladoria da Ponte Torta ficou na praça da esquina das avenidas Nove de Julho e Prefeito Luiz Latorre, ao lado do Jardim Morumbi. 
Duas turmas de alunos de sexta série do SESI participaram, no local, de uma atividade lúdica que teve como objetivo enfatizar a importância da preservação dos monumentos históricos. 
A ação também mostrou que o projeto da Ponte Torta pode contribuir para o processo de aprendizagem e educação sobre o patrimônio histórico e cultural de Jundiaí.
Os alunos de 11 a 12 anos do SESI aprenderam brincando sob a supervisão do arquiteto Toninho Sarasá, especialista em restaurações, a construir muros e também uma réplica da Ponte Torta utilizando materiais de espuma. A experiência foi muito bem recebida, tanto pelas crianças quanto pelas professoras que acompanharam a atividade.
"Esse projeto de conscientização é muito bacana e vem ao encontro das aulas que estávamos ministrando às crianças sobre a importância da preservação dos patrimônios históricos. Inclusive havíamos visitado vários pontos da cidade, como a Ponte Torta, que acabou sendo o que eles mais lembraram. Tenho certeza que essa é uma experiência que vão levar para toda a vida", elogia Nívia Massareto Berges, professora de Geografia do Sesi.
"Gostei de entender como eles fizeram a Ponte Torte naquela época, nunca imaginava que os antigos já tinham tanta sabedoria sobre esses assuntos", disse a aluna Tainara Vieira, de 11 anos.
Julia Camargo, de 11 anos, também ficou surpresa com as técnicas usadas para construir a Ponte Torta. "Achei que era uma coisa super simples e fácil, mas não foi não, foi bem difícil. Agora quando eu for lá vou ver a ponte de outra maneira".
Daniela da Camara Sutti, secretária de Planejamento e Meio Ambiente da prefeitura de Jundiaí, explica que a intenção do projeto é trabalhar a conscientização não apenas das gerações mais antigas, mas também das novas para que entendam a importância da preservação dos patrimônios históricos da cidade e do mundo todo. 
"Afinal um povo que não cuida da sua história, é um povo sem memória. E quem garante que daqui não vão sair futuros engenheiros ou arquitetos, estimulados por experiências como essa?", questiona.







Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...