Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Programa Mais Médicos muda a rotina da saúde em Jundiaí

A cubana Ailin Hernandes atende no Parque Centenário
Jundiaí recebeu cinco médicos por meio do programa "Mais Médicos", que foi criado pelo ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha e acaba de completar um ano de existência.

Quatro deles são cubanos e um é o jundiaiense Fábio Savoy que retornou à cidade depois de cumprir serviços para a Marinha na Amazônia e está atuando na UBS Novo Horizonte.

Os cubanos Darcon Ramos, Ariannis Rodrigues, Ailin Hernandes e Edelangel Carraza trazem na bagagem uma vasta experiência internacional e tem o perfil de médico generalista voltado para a saúde da família. Eles estão oferecendo seus serviços na UBS Novo Horizonte, na UBS Corrupira, no PSF Parque Centenário e na UBS São Camilo, respectivamente.

Bigardi e o secretário de Saúde apresentam os quatro médicos de Cuba
A secretária de Saúde da Prefeitura explica que eles foram enviados estrategicamente a esses bairros, porque estão localizados em regiões onde havia falta de médicos.

Eliseu Silva Costa, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Jundiaí e região, tece altos elogios ao programa. "O Mais Médicos foi uma iniciativa excelente do governo Federal e do companheiro Padilha, pois levou esses profissionais da saúde a lugares onde eles nunca haviam chegado antes. Se aqui no estado de São Paulo a gente vê o quanto eles estão sendo bem vindos, inclusive por administrações que foram contra no princípio, imagine então nos lugares mais afastados dos grandes centros? A população trabalhadora é a maior beneficiada e a gente tem mais é que apoiar", enfatiza.

Para o padeiro Benício Santos de Araújo, que mora no Parque Centenário, a chegada da médica cubana Ailin Hernandes melhorou muito o atendimento do posto de saúde. "Ela é muito simpática e dá conta do recado. Antes era muito difícil achar um médico aqui, agora ela faz atendimento até na nossa casa!", elogia.

"Antes era  difícil achar um médico aqui", afirma o padeiro Benício
A costureira Sandra da Silva, moradora do São Camilo, afirma que no começo ficou com medo do cubano. "A gente sempre ouviu a mídia falando mal de Cuba e dos cubanos, mas depois que a gente conheceu o dr. Edelangel a visão mudou totalmente. Ele atende muito bem, é educado e está sempre à disposição. Aqui no São Camilo a situação era muito ruim, achar médico aqui era uma raridade, né? Então só posso elogiar esse programa Mais Médicos porque ele veio ajudar quem precisa e nunca teve atenção", desabafa.

O pintor Caetano Araújo, também elogiou o trabalho do médico cubano e fez questão de agradecer o prefeito Pedro Bigardi pela entrega da nova sede da unidade básica de saúde do Jardim São Camilo, em dezembro do ano passado. "Nosso bairro nunca tinha recebido atenção da prefeitura antes e agora a gente vê as coisas mudando para melhor, então só posso agradecer", garante.

Nova UBS do São Camilo recebe os elogios dos moradores
A presidenta Dilma Rousseff revelou recentemente que o programa "Mais Médicos" superou a meta de cobertura e beneficia, atualmente, 50 milhões de pessoas em todo o país. 

O programa está presente em cerca de 4 mil municípios, em um total de 14.462 médicos (brasileiros e estrangeiros) atuando em postos de saúde no Brasil.


Só o estado de São Paulo recebeu 2.187 médicos pelo programa do governo Federal, os quais estão atendendo 345 municípios.

Dilma e Padilha apresentam médico cubano

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...