Postagem em destaque

Blogueiro pede a sua ajuda!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

sábado, 24 de maio de 2014

Padilha, em Jundiaí: “O Estado de São Paulo tem de recuperar sua importância”.


O ex-ministro Alexandre Padilha, pré-candidato do PT ao governo do Estado, disse que São Paulo precisa dar um salto de qualidade para poder recuperar a importância econômica perdida nos últimos anos com os sucessivos governos do PSDB.
 
“Precisamos recriar o projeto de desenvolvimento, construir um programa de governo que esteja à altura do estado, com propostas que respeitem cada região”, comentou.
 
Padilha esteve nesta sexta-feira visitando a região de Jundiaí, quando reuniu a militância em plenária no Espaço M, no Clube de Campo.
 
Ele já passou por mais de 100 cidades. “Estou conversando inclusive com aqueles que pensam de maneira diferente, para que nosso programa de governo contemple todas as pessoas”, avisou.


 Governo Alckmin não assume responsabilidades
 
Padilha criticou a falta de ação do governo estadual durante as greves do transporte coletivo, que levaram o caos à capital e outras 11 cidades da região metropolitana.
 
“A postura do governador é não assumir responsabilidade. A greve aconteceu em 12 cidades, e para o Alckmin a culpa foi do prefeito de São Paulo”, comentou.
 
Para a falta de água na Cantareira, a culpa foi da falta de chuva. “A Sabesp lucrou 2 bilhões de reais e não fez as obras necessárias na represa, que vem secando ano a ano”, comentou.
 
Segundo Padilha, essa falta de políticas públicas repercute em todos os setores.
 
Na educação, 70% dos jovens de 15 anos são incapazes de fazer uma equação de segundo grau.
 
“O estado mais rico do País paga o 16º salário aos professores. Ou mudamos a educação ou o futuro dos jovens estará comprometido. O que mais espero da USP, Unesp e Unicamp é o compromisso de melhorar a qualidade da educação”,  avisou.
 
Ele comentou que um dos maiores desafios será em relação à segurança pública.
 
O pré-candidato do PT disse que em agosto vai apresentar as propostas de seu plano de governo.
 
Ele disse que um dos maiores desafios é em relação à segurança pública. “Hoje, as penitenciárias estaduais se transformaram em escritório de uma facção criminosa”, lembrou.
 
“Vamos construir nossa vitória a partir do interior. Vamos ganhar para que
 
São Paulo volte a ser a locomotiva do País”, concluiu.

Depoimentos 


 Eliseu Silva Costa: “O Estado de São Paulo está na UTI e precisa de um médico como Alexandre Padilha. Os metalúrgicos estão com ele”. 
 

Eduardo Suplicy, senador: “Jundiaí tem 9470 famílias em condições de receber o Bolsa Família, mas tem apenas 6420 cadastradas e recebendo o benefício. Vamos achar essas famílias”.  
 

Pedro Bigardi, prefeito de Jundiaí: “O Padilha tem sensibilidade social e tem história, e pensa o País pela liberdade e pela democracia. Chegou a hora de São Paulo mudar. Também temos o compromisso de reeleger Suplicy para o Senado, pois ele é imprescindível para a política”. 
 
 
Marcos Martins, deputado estadual: “A população está cansada de transporte precário, educação precária e saúde precária. Vai dar Padilha na cabeça antes que uma tragédia aconteça”. 
 
 
Paulo Teixeira, deputado federal: É possível ter uma escola estadual melhor como as universidades federais, ter um sistema prisional como as penitenciárias federais, e ter uma polícia melhor como a Polícia Federal”. 
 
 
Durval Orlato, vice-prefeito de Jundiaí e secretário de Educação: “O Estado de São Paulo merece um projeto muito melhor que o atual”. 
 
 
Gerson Sartori, presidente da Câmara Municipal: “Este é mais um passo para a vitória nas eleições de outubro. Cortamos o bico do tucano aqui em Jundiaí, e agora vamos cortar o bico do tucano no estado”. 
 
 
Eduardo Tadeu, ex-prefeito de Várzea e presidente da Associação Brasileira de Municípios: “Padilha mostrou coragem e capacidade de gestão, mostrou competência e vai fazer a transformação que São Paulo precisa”. 
 

Artur Augusto, presidente do PT Jundiaí: “Este é o momento de ganharmos o Estado. Só Padilha tem compromisso com o projeto de mudanças”.

Taís Tosato, coordenadora da Macro Mantiqueira do PT: “Padilha tem capacidade e coragem de promover as mudanças que o Estado precisa”. 
 

Fábio, da União da Juventude Socialista: “Com a participação da militância, São Paulo vai mudar para melhor”.


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...