Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Por que defendo Sindicatos e direitos trabalhistas?

Sabe, eu sou de classe média, profissional liberal, com recursos financeiros suficientes para pagar um bom advogado em caso de necessidade. Então, nunca precisei de um sindicato na vida. Nunca nem fiz parte de um. Seria muito fácil pra mim, portanto, me juntar ao coro dos que denigrem os sindicatos e seus dirigentes. 

Todavia, uma coisa que aprendi quando migrei da direita para a esquerda foi me colocar no lugar dos outros - principalmente dos mais pobres. Assim, fica fácil pra mim entender a importância de algo como um sindicato para quem é, por exemplo, um trabalhador de chão de fábrica, que rala 44 horas semanais, sem contar o tempo que passa dentro de um ônibus, recebe um salário de fome e não tem quase tempo de ficar com a família. 

É para essas pessoas que um sindicato é importante, mesmo que seja um sindicato pelego. Esse trabalhador não tem qualquer recurso para pedir um aumento ou pagar um advogado para defender seus direitos, portanto é o sindicato que vai fazer isso por ele. 

Todos os direitos trabalhistas que as pessoas tomam hoje de graça foram conquistados pela luta de trabalhadores que se organizaram em sindicatos para poder enfrentar o poder descomunal dos donos dos meios de produção.

É por isso que eu jamais vou concordar com pontos de vista que pintam sindicatos e direitos trabalhistas como "coisa de vagabundo", por mais que eu entenda que muitos que propagam esse tipo de lixo, nunca precisaram de um sindicato na sua vida.

Isso sem contar os hipócritas que são como os da charge abaixo... Eu conheço um monte gente igual e você?


2 comentários:

Jbmartins-Contra o Golpe disse...

https://www.youtube.com/watch?v=dJNYUqk7ICY
video atual

Marcus Valerio XR disse...

Belo post, e queria acrescentar algo.
Mesmo tendo uma situação similar a sua, aprendi desde muito cedo na vida profissional que numa relação trabalhista só quem realmente está do seu lado é o sindicato. Foram sindicatos, que por vezes eu nem conhecia, que impediram que eu tivesse que devolver 13o e obrigaram patrões a pagar todos os meus direitos, mesmo na época eu que ainda acreditava em iniciativa privada.
Hoje, findo no meu martírio, visto que agora trabalho em empresa pública, nunca hesitei em me sindicalizar, e atualmente atuo como delegado sindical.

Marcus Valerio XR
xr.pro.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...