Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Veja, uma revista que perdeu totalmente a noção do ridículo

Pelo visto, os espiões da central Cachoeira de arapongagem, que grampeavam pessoas clandestinamente para fornecer “furos” à Veja, estão fazendo falta à semanal da editora Abril…

- Por Cynara Menezes, da Carta Capital

No centro do furacão desde que vieram à tona suas relações no mínimo pouco éticas com os bandidos da quadrilha de Carlinhos Cachoeira, a revista Veja parece ter perdido toda a noção de ridículo. Sua capa desta semana é uma farsa: o “documento” que a semanal da Abril alardeia ter sido produzido pelo PT como estratégia para a CPI de Cachoeira é, na verdade, um amontoado de recortes de reportagens de jornais, revistas e sites brasileiros.

Confira neste link (clique AQUI) os fac-símiles do suposto “documento” que a revista apresenta com “exclusividade” e compare com os outros links no decorrer deste texto.

Segundo a revista, os trechos que exibe fariam parte de um “documento preparado por petistas para guiar as ações dos companheiros que integram a CPI do Cachoeira”. Mas são na realidade pedaços copiados e colados diretamente (o manjado recurso Ctrl C+ Ctrl V dos computadores) de reportagens de terceiros, sem mudar nem uma vírgula. O primeiro deles: “Uma ala poderosa da Polícia Federal, com diversos simpatizantes nos meios de comunicação, não engole há muito tempo o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal” saiu de uma reportagem de 6 de abril do site Brasil 247, um dos portais de notícia, aliás, que os colunistas online de Veja vivem atacando com o apelido de “171″ (número do estelionato no código penal). Mas quem é que está praticando estelionato com os leitores, no caso? (confira clicando AQUI).

Outro trecho do “documento exclusivo” de Veja é um “copiar e colar” da coluna painel daFolha de S.Paulo do dia 14 de abril: “Gurgel optou por engavetar temporariamente o caso. Membros do próprio Ministério Público contestam essa decisão em privado. Acham que, com as informações em mãos, o procurador-geral tinha de arquivar, denunciar citados sem foro privilegiado ou pedir abertura de inquérito no STF”. (Confira AQUI)

Mais um trecho do trabalho de jornalismo “investigativo” com que a Veja brinda seus leitores esta semana: “Em uma conversa entre o senador Demóstenes Torres e o contraventor Carlinhos Cachoeira, gravada pela Polícia Federal (…)”, é o lead de uma reportagem do jornal O Estado de S.Paulo do dia 28 de abril (leia AQUI).

Pelo visto, os espiões da central Cachoeira de arapongagem, que grampeavam pessoas clandestinamente para fornecer “furos” à Veja, estão fazendo falta à semanal da editora Abril…

11 comentários:

Dhanylo disse...

Esta veja... Esta desinformação já passou dos limites a muito tempo

Anônimo disse...

Agora por que o PT ou Lula não processam a Veja? Ela tem o poder de fazer a denuncia que quiser e inventar provas quando bem entende?

André Lux disse...

Porque se processarem serão acusados de "comunistas censores comedores da liberdade da imprensa". E a Veja e o resto do PiG vão continuar tendo esse poder enquanto existirem pessoas idiotas o suficiente para acreditar neles.

Anônimo disse...

É verdade, eu tinha pensado nisso. Mas fica aquela indgnação ne? Uma revista fazer o que bem entende, inclusive agindo fora da lei mas protegida pela "liberdade de imprensa". O PT ou Lula poderiam pelo menos pedir um direito de resposta, sei lá, tem muita gente idiota que lê a veja e não iria mudar de opinião nem em 1 milhão de anos, mas também tem os mal informados que acabam acreditando nessas presepadas apenas por ingenuidade.

Anônimo disse...

Sr André Lux,
Se o PT processar a veja e provar que ela está inventando , ninguém acusará o PT de censura ou coisa parecida. Eles nao processam porque porque a revista diz a verdade. Ou você também acredita que o mensalão nao existiu?

André Lux disse...

Mensalão não existiu.

Anônimo disse...

Você é pago pelo pT para escrever estas sandices aqui?

André Lux disse...

Eu não. Por que pergunta, é pago pelo PSDB para escrever suas asneiras aqui por isso acha que todo mundo é igual a você?

Anônimo disse...

Se todos fossem iguais a mim no caráter e no bom senso o Brasil seria um país verdadeiramente rico não só na economia , mas também na qualidade de vida do seu povo, pois os recursos seriam destinados para as áreas sem desvios . E os politicos saberiam fazer o que é preciso. Hoje nao sabem nem pra onde a porta abre

André Lux disse...

Pessoas de bom caráter e bom senso não se escondem atrás do anonimato para criticar os outros.

Anônimo disse...

Tem razão Sr André.
Tenha uma ótima noite e durma bem.
O sr está certo . Aliás sempre esteve certo em tudo. Concordo em genero , numero e grau.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...