Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

domingo, 4 de março de 2012

No Chile, Roger Waters dedica show a músico morto pela ditadura de Pinochet

O ex-Pink Floyd recordou o assassinato de Víctor Jara e os desaparecidos no regime, além de ter apoiado protestos sociais no país

O grande Roger Waters
- do site Opera Mundi

O ex-membro do Pink Floyd Roger Waters dedicou seu primeiro show em Santiago do Chile ao cantor chileno Víctor Jara, assassinado pela ditadura militar de Augusto Pinochet em 1973, e a todos os desaparecidos do regime.

"Quero dedicar este show à memória de Víctor Jara e a todos os outros desaparecidos do regime militar", afirmou o roqueiro antes de se apresentar a um público de mais de 50 mil espectadores no Estádio Nacional.

Waters aproveitou para se manifestar a favor dos protestos sociais que têm ocorrido há cerca de três semanas na região de Aysén, no sul do Chile, que têm exigido o fim do isolamento e da falta de políticas públicas para o desenvolvimento da região. Ele ainda reiterou seu apoio às manifestações estudantis pela educação pública e de qualidade que marcaram o ano passado.

No show, o público se emocionou no momento em que um grupo de crianças acompanhou o músico durante a interpretação de "Another brick in the wall". Durante a apresentação, que durou duas horas e meia, ele fez críticas ao capitalismo e homenageou vítimas de conflitos bélicos com imagens projetadas em um muro.

3 comentários:

Dhanylo disse...

Enquanto isso a mídia mostra bandas vendidas que não fazem e não representam o verdadeiro Rock'n'Roll.

O Rock sempre foi de esquerda, estas bandas com letras vazias de revolta adolescente não deveriam estar em destaque.

Quando falam em estilo de vida rock'n'roll o que vem a cabeça das pessoas é uma vida de libertinagem. Mas o verdadeiro estilo de vida rock'n'roll é lutar contra este sistema opressor conhecido como capitalismo e levar a vida sem medo do que os conservadores (e seu moralismo dos anos 30) pensam.

Anônimo disse...

O que é mais capitalista do que uma turnê que rende milhões de dólares em lucro?

André Lux disse...

Sim, vivemos sob o sistema capitalista e, mesmo sendo contra ele, precisamos de dinheiro para sobreviver. Melhor ainda se o cara é podre de rico e famoso e ainda por cima tem consciência política de esquerda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...