Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Até quando vai prevalecer a lógica do dinheiro grosso contra o povo miúdo?

Qual o sentido em se despejar violentamente cerca de 1.660 famílias pobres, que já estão construindo suas casas, que mal ou bem abrigam-se sob um teto e erguem uma comunidade, para depois cadastrá-las nas intermináveis filas dos programas de habitação social que para atende-las terão que adquirir ou desapropriar glebas, viabilizar projetos, contratar obras até , finalmente, um dia --se é que essa dia chegará-- devolver um chão e alguma esperança de cidadania a essa gente?

Mas, sobretudo, qual o sentido dessa enorme volta em falso quando o único beneficiário da ação policial violenta contra a ocupação de Pinheirinho, em São José dos Campos (SP), chama-se Naji Nahas, um especulador notório, preso em julho de 2008 pela Polícia Federal, na operação Satiagraha, junto do não menos notório banqueiro Daniel Dantas, ambos acusados de desvio de verbas públicas, corrupção e lavagem de dinheiro? Qual o sentido? O sentido é justamente esse, apenas esse: a supremacia do dinheiro grosso contra o povo miúdo.


(- editorial da Carta Maior; 2ª feira; 23/12/ 2012)

4 comentários:

Ignez disse...

Da mesma forma que a foto dos soldados americanos urinando sobre corpos afegãos provocou indignação mundial, as fotos do GENOCÍDIO cometido pela PM do sr. Geraldo AL-ckmin deveriam correr o mundo e a ONU posicionar-se contra esta babarísima violentadção dos Direitos Humanos. Crianças, mulheres, idosos, jovens e trabalhadores foram alvejados de formas diversas. Fala-se em sete mortos. ISTO é GENOCÍDO, senhores! CASSAÇÃO JÁ AO GOVERNADOR GENOCIDA GERALDO AL-CKIMIN! Ou GENOCIDAS podem ser autoridade? E não esqueçamos a violação dos mesmo direitos na ação contra drogados na cracolândia!

Não Automático disse...

Independente de quem seja o dono o direito á propriedade privada é previsto em constituição, então qualquer análise que não considere isso é apenas um sonho de um mundo que não existe e não vai existir.

Cícero Sena disse...

Cara, aqui em Salvador eu vi as cenas pelo face, me pareceram um negócio bem estranho e perverso.

Anônimo disse...

Existem no brasil pelo menos 2 classes de cidadaos:
os q possuem acesso a transporte, educação e saude privados e os demais.
Vou discorrer um pouco sobre a realidade do RJ, meu estado…

O transporte publico do RJ uma vergonha, metro e trens sucateados e lotados, barcas q operam lotadas, inclusive com acidentes recentes, e a tragedia do bondinho de sta teresa, ate hoje impune

escola publica que nao ensina, basta ver q o Rio de Janeiro ficou em penúltimo lugar no IDEB [que mede o índice de desenvolvimento da educação básica] como podemos ver aqui:
http://www.viomundo.com.br/denuncias/beatriz-lugao-professores-do-rio-denunciam-a-ilha-de-fantasia-de-sergio-cabral.html
e aqui:
http://www.youtube.com/watch?v=HqWmao_KO9Q

A saude publica entao é uma tragedia mais do q documentada, o novo modelo de gestão da saude publica brasileira​: Organizaçõ​es Sociais (OSs) é um escandalo, um vazadouro de $$$ publico
como vemos aqui o caso de SP:
http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,organizacoes-sociais-recebem-da-prefeitura-por-consultas-nao-realizadas,778856,0.htm#noticia

Ocorre q este modelo de OS’s foi replicado aqui no RJ tb, como podemos ver aqui:
Por 50 votos favoráveis e 12 votos contrários, o plenário da Alerj aprovou, na tarde desta terça-feira 23, o Projeto de Lei (PL) nº 767/2001, que entrega a gestão dos hospitais estaduais às chamadas ‘organizações sociais’, forma disfarçada de privatização
http://www.viomundo.com.br/politica/cabral-privatiza-saude-e-ainda-manda-bater.html

De que adianta uma cidade/estado que seja voltada ao atendimento de qualidade ao Turista
(Copa e Olimpiadas) mas trate seus cidadaos como gado?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...