Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Jornalismo de Esgoto da revista VEJA é condenado na Justiça

- por Altamiro Borges, em seu blog

Em abril último, a revista Veja – talvez seguindo as orientações do Departamento de Estado dos EUA – fez estardalhaço com uma reportagem sobre “A rede do terror no Brasil”. Deu capa e várias páginas sobre a presença de “grupos terroristas islâmicos no território nacional”, mas não apresentou provas concretas para justificar as suas graves acusações. A “reporcagem” informava apenas que teve acesso a documentos sigilosos da CIA, a central terrorista dos EUA, e de outros órgãos policiais.

Agora, na quinta-feira (30), a juíza Cláudia Maria Pereira Ravacci, da 35ª Vara Cível de São Paulo, condenou o panfleto colonizado da famiglia Civita por estimular o ódio e o preconceito religioso, tentando associar o islamismo ao terrorismo. Segundo informa a repórter Mariana Ghirello, do sítio Última Instância, a revista será obrigada a dar o mesmo espaço e destaque para uma reportagem sobre a cultura islâmica. Cabe recurso, mas a revista Veja saiu novamente com a sua imagem danificada.

“Reporcagem” ofensiva e tendenciosa

A ação judicial exigindo direito de resposta foi movida pela União Nacional das Entidades Islâmicas, que congrega 16 entidades. Segundo o advogado da entidade, Adib Abdouni, a matéria da Veja é “ofensiva e tendenciosa” e “fere o sentimento religioso islâmico”, que tem mais de 1 bilhão de seguidores no mundo. A partir de denúncias sem consistência, ela generaliza a crítica, insinuando que todo islâmico é terrorista e que o território brasileiro serve de base de operação para grupos anti-estadunidenses.

O objetivo do direito de resposta é “desvincular a idéia de terrorismo junto à fé professada pelos mulçumanos... As ofensas contidas no texto impugnado causam lesão aos direitos da coletividade mulçumana, dando ensejo ao direito de resposta reivindicado”, comemora o advogado.

“De acordo com a petição, houve uma audiência reservada na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, na Câmara dos Deputados, na qual o ministro da Justiça afirmou que as informações publicadas eram falsas. A União alega que no Brasil a Constituição Federal assegura a liberdade de crença e religiosa”, informa repórter.

6 comentários:

Anônimo disse...

Caro André

Escrevo-lhe para contar que acabei de fazer um assinatura bianual do Jornal de Jundiaí. A leitura do seu blog foi essencial para que eu tomasse essa decisão. Percebi que é preciso mesmo pagar para ter informação de qualidade com profissionais sérios. A Folha do Japi insulta nossa inteligência com propaganda partidária pretensamente disfarçada.

André Lux disse...

Parabéns e felcidades. Pena que vc não tenha coragem de assinar o próprio nome, caso contrário eu o felicitaria nominalmente... risos!

Fernando Romano disse...

Ah, e o Troll aí em cima ainda acha que o Jornal de Jundiaí não tem interesses partidários! HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH!! Espera 5 minutos que eu vou rir... É trouxa ou fascista, mesmo.

André Lux disse...

O Jornal de Jundiaí é imparcial pra burro!

P. Ilianovic disse...

Por falar em jornalismo de esgoto André, a Veja arpontou mais uma atacando a Universidade de Brasília. Dá uma olhada aí na resposta do reitor em carta aberta (seria legal publicar aqui essa carta, o que vc acha?):
http://www.unb.br/noticias/unbagencia/unbagencia.php?id=5306

e outros: http://www.unb.br/noticias/artigos/index.php

Forte abraço.

Roberto M Almeida disse...

pescado no blog "todo gordo tem blog"

Você sabia que…Deus prefere os ateus?

Deus: É verdade, Eu prefiro.

Ateus resolvem seus problemas sem meter Deus no meio:

Cristã: querido Deus, por favor livrai dos meus 14 kg a mais.

Ateu: Quer saber, é melhor eu fazer alguns abdominais se eu quiser perder peso.

Deus: Você acaba de ganhar uma estrela de bom menino.

Ateus tem a sua moral sem medo de retaliação espiritual:

Cristão: Eu não roubo porque senão eu vou para o Inferno queimar por toda a eternidade.

Atéia: Eu não roubo porque isso é uma coisa muito estúpida.

Deus: Você já roubou meu coração.

E ateus nunca usam o nome de Deus para promover guerras:

Cara de turbante: Deus prometeu essa terra para mim.

Cara de uniforme: Não, ele prometeu para mim.

Ateu: Hummmm, vejo que essa terra é um deserto quase hospitaleiro. Acho melhor ir para a Flórida.

Deus: Você pode ficar na minha casa de praia em Boca Raton.

Ah o medo, sempre o medo. É graças ao medo que as religiões ocidentais, especialmente a católica, não desapareceram depois do advento do Iluminismo e das Revoluções Burguesa e Comunista. É o medo que as sustenta. É graças ao medo que as pessoas seguem os sermões deste ou daquele padre, deste ou daquele bispo, deste ou daquele pastor e acabam votando naquele candidato que nem tem as melhores propostas mas que seria uma garantia de que não vai para o Inferno.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...