Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

quinta-feira, 14 de abril de 2011

FHC manda o PSDB esquecer o "povão"


3 comentários:

Moraes disse...

A VERDADEIRA FACE DO OCIÓLOGO FHC!

Em 1976, ele foi xingado de carreirista e oportunista, na USP, e impedido através de vaias incessantes de fazer uma palestra, porque entre outras safadezas foi aponsentado como professor aos 37 anos, por influencia de seu pai que era oficial do exercito, enquanto centenas de professores foram cassados e banidos.
Como presidente desrregulamentou toda economia a favor das multinacionais, além de privatizar as melhores empresas a preço de banana.
Escreveu o livro "Teoria da dependencia" a favor de um Brasil agricola, financiado pela CIA, segundo a imprensa.
Agora, depois de ferrar o pais, esta criticando o governo Lula de todas as formas, porem sem nenhum respaldo na realidade.
Ele esta acometido pela Sindrome de Napoleão que infla o eco das pessoas e as faz perder o senso de auto critica.
Sua recomendação para que o PSDB se afaste do povo é inspiração direta do abjeto general Figueiredo.
Para quem é filho de milicão faz muito sentido!

Moraes disse...

Jabor (ou Rancor) é fã de FHC!

A globo, lider da mafia do PIG, exibiu uma cronica pro Arnaldo Rancor onde ele diz: Ainda quiseram crucificar o FHC porque ele privatizou a Vale que hoje é uma das maiores empresas do mundo!
Tem que ser muito alienado pra dizer ou acreditar numa asneira dessa!
A Vale foi privatizada, ou seja, jogada na privada do Eike Batista, por apenas 3 bilhoes quando ela valia uns 25 bilhoes. Logo depois valia 50 e agora vale mais de 100 bi.
Com os mais 20 bi que FHC-SERRA deram de presente pro Eike o Brasil construiria 3 milhoes de casas, e reduziria o deficit em 50%,ou reformaria todas as estradas do pais que ele deixou que se esfacelassem.
Mas o coitado do Eike é mais necessitado!
A pergunta que não quer calar!
Quem seria tão bonzinho assim sem levar uns milhoes pro caixa 2 nos paraisos fiscais?
Só mesmo os abenagados FHC e Serra!

Anônimo disse...

Vitória do PT derrota Alckmin e tucanos
Publicado em 20-Abr-2011
Partido conseguiu impedir instalação de 5 CPIs fajutas...

Desta vez não teve jeito, o governador Geraldo Alckmin e sua maioria tucana e aliada na Assembléia Legislativa caíram do cavalo. Por decisão da Justiça estão suspensas as 5 CPIs fajutas que o Executivo requereu e aprovou instalação no Legislativo, dentre as quais Comissões como as da Dentadura (para discutir implantes dentários) e de Proveta (para investigar planos de saúde).

As CPIs fajutas são manobra flagrante do governo e maioria tucanas e aliada para impedir a instalação de CPIs sérias e temidas pelos tucanos, como as que foram estudadas e propostas pelo PT e oposição para questões como o Rodoanel, as obras de Calha do Rio Tietê, o escandaloso número de pedágios e os valores escorchantes por eles cobrados nas rodovias do Estado e denúncias de pagamento de propina a integrantes do governo e do PSDB paulista pela multinacional Alstom.

Pelo regimento interno da Casa apenas 5 CPIs podem funcionar simultaneamente - o PSDB havia protocolado sozinho uma dúzia de pedidos atravancando e impedindo novas comissões até o final deste ano. Há 30 anos, os tucanos e aliados à frente do governo do Estado, fazem isto.

Manobra desta vez não deu certo

Prevalecendo-se da maioria que formam à cada legislatura na Assembléia, impedem a instalação de CPIs sérias e bloqueiam qualquer investigação mais aprofundada sobre as denúncias de irregularidades que se multiplicam em seus governos.

Image
Antonio Mentor
Desta vez, a manobra não deu certo. Acolhendo requerimento do ex-líder do PT na Assembléia, deputado Antônio Mentor, o Tribunal de Justiça do Estado concedeu liminar esta semana impedindo o início de funcionamento de 4 das CPIs fajutas - a 5ª que já teria sua 1ª sessão na semana que vem, para tratar do alcoolismo no Estado, também está suspensa.

Em sua ação, o deputado Mentor argumentou que as 5 CPIs impostas pelo Executivo não atendem a um requisito elementar e básico estabelecido pelas constituições estadual e federal: "não indicaram fatos determinados, que atendessem ao rigor constitucionalmente exigido".

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...