Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

quarta-feira, 30 de março de 2011

Deputado Jair Bolsonaro será processado por homofobia e racismo

Conselho de Direitos Humanos da Câmara se reúne para decidir como irá agir em relação à entrevista concedida por Jair Bolsonaro (PP) ao programa CQC

- por Bruno Huberman, CartaCapital

A Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, reunida nesta terça-feira 29, irá entrar com uma representação contra o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ). Só resta decidir qual: se uma representação parlamentar na Câmara ou se uma ação judicial.

O pepista virou alvo de críticas nas últimas horas após a entrevista à cantora Preta Gil durante o programa CQC, da rede Bandeirantes, na noite da segunda-feira 28, quando ao ser questionado se deixaria o seu filho namorar uma negra, respondeu: “Preta, não vou discutir promiscuidade com quer que seja. Eu não corro esse risco, e meus filhos foram muito bem educados e não viveram em um ambiente como, lamentavelmente, é o teu.”

“Eu acho lamentável. Isso é um abuso da representatividade parlamentar. Ele se utiliza do seu cargo para ofender. Eu fiquei chocado. Independente de filiação partidária, ele é um deputado e tudo tem um limite”, afirma o deputado Jean Wyllys (Psol-RJ), que ao lado dos deputados Manoela D’Avilla (PCdoB-RS) e Brizola Neto (PDT-RJ), decide como a Comissão irá agir. “Ele ataca a comunidade LGBT há muito tempo, mas só agora que ofendeu os negros é que caíram em cima dele.”

“O Bolsonaro feriu o código de ética da Câmara. Ele se utilizou da sua representatividade política para praticar homofobia e racismo”, reitera o deputado Chico Alencar (PSol-RJ), membro do Conselho de Ética da Casa, que também analisará a situação de Bolsonaro.

Em nota oficial, Bolsonaro tentou se defender: “A resposta dada deve-se a errado entendimento da pergunta – percebida, equivocadamente, como questionamento a eventual namoro de meu filho com um gay. Daí a resposta. Todos aqueles que assistam, integralmente, a minha participação no programa, poderão constatar que, em nenhum momento, manifestei qualquer expressão de racismo. Ao responder por que sou contra cotas raciais, afirmei ser contrário a qualquer cota e justifiquei explicando que não viajaria em um avião pilotado por cotista nem gostaria de ser operado por médico cotista, sem me referir a cor.”

“O Bolsonaro, por meio desta nota oficial, quer escapar da acusação de racismo, que como é crime pode ser considerada quebra de decoro e pode causar a sua expulsão da Casa. Ele quer ficar apenas com a acusação de homofobia, que não é crime e é considerada apenas injúria”, analisa Wyllys.

O apresentador do programa, o humorista Marcelo Tas, em entrevista ao Terra Magazine, reforçou a tese: “Ele manifestou dois preconceitos, contra os negros e contra os gays.” A apresentadora Preta Gil, por meio do seu advogado, disse que irá entrar com um processo por danos morais

12 comentários:

audiencia da tv disse...

Eu, quéro dizer que adóro esse canal, e não consigo imaginar a minha televisão,
sem a opção deste canal de noticias e variedades; e se confirmar a vinda do
Heródoto , com certeza vai ficar ainda melhór

Anônimo disse...

Processá-lo por homofobia e racismo é pouco, ele merece nunca mais ser eleito, nunca mais ter voz pública, nunca mais disseminar essas idéias absurdas... Que mundo nós vivemos que um ser irracional desses tem eleitores que o fazem seu representante????

Cybershark disse...

Demorou...

Geopolêmica disse...

Esse canalha vai acabar por ser punido (espero!) mas há muitos outros que pensam como ele mas não assumem publicamente. E observem a "semente do mal" denominada Carlos Bolsonaro, filho dele e vereador na cidade do Rio de Janeiro. Já tem projeto de lei de sua autoria com objetivo de criar programa social da prefeitura de lá para esterilização de moradores de rua.
O fruto não cai longe do pé.......e a milicada vai continuar a votar em gente assim, é como muitos deles pensam e se vêem representados.

Anônimo disse...

André,
Voces formadores de opinião precisam alertar os tais parlementares e aos seus leitores, que não é simplesmente caçar "O Monstro", é necessário desmascarar o "Medico" que o construiu. Destroi-se este e o doutor remenda outro mais feio ainda. Há que jogar um balde de água fria nas cstas deste cara. Costas quentíssimas.

Anônimo disse...

Ele não se elegeu sozinho e está na política há cerca de 20 anos.
Bolsonaro é o reflexo do que é verdadeiramene a sociedade brasileira ou seja, somos um povo racista.
Só quem é vítima dessa doença social, impregnada no DNA da maioria do nosso povo, e que vem desde a época da escravidão, consegue ver a manifestação desse comportamento doente, quando nos ônibus, preferem sentar-se ao lado de brancos, ou ficar em pé, ao invés de sentar-se do lado de negros. Se duvidam, passem a prestar atenção nisso.

Anônimo disse...

"Bolsonaro" PARA PRESIDENTE!!!!!!

vou mudar meus fihos pro RIO DE JANEIRO.....na escola do "Bolsonaro"

Guilherme Scalzilli disse...

Hora de jogar o imbecil no xilindró

Eis a oportunidade que faltava para nos livrarmos de Jair Bolsonaro. Seu afastamento da Câmara, apesar de perfeitamente justificável, não pode esgotar o caso. É necessário processá-lo e metê-lo atrás das grades. Simples assim.

A esquerda, os movimentos sociais e a blogosfera não podem aceitar qualquer resposta vaga do Judiciário. Devem pressionar o Poder Público até que o cretino seja retirado de circulação para sempre. Acionemos a descarga sobre esses excrementos reacionários antes que eles conquistem a notoriedade que desejam.

http://guilhermescalzilli.blogspot.com/

Jovan Mattos disse...

Ele deve ser condenado. O BRasil pode ser um país bem diferentes dos outros, temos tudo para construirmos uma sociedade tolerante com as diferenças, as religiões e as opções sexuais de cada cidadão. Não podemos deixar passar essa e devemos discutir muito esse assunto.

cesar augusto disse...

Vamos ver no que vai dar. Tomara que o tal deputado seja cassado, para aprender a respeitar os outros, afinal ele por ser uma personalidade pública não pode falar o que bem entender, como quiser e quando lhe aprouver. A repercussão das desastrosas declarações apenas mostram isso. Deputado não pode falar tanta bobagem publicamente. Os eleitores têm força, mas precisam se articular para ações efetivas.

Anônimo disse...

Se as pessoas querem ser homossexuais, problema delas, mas o que está ocorrendo atualmente é uma apologia ao homossexualismo. Estão induzindo as pessoas, inclusive as crianças com kit, a serem homossexuais. Atrás dessa onda de homossexualismo há interesses macabros que é a legalização da pedofilia. Pois as crianças poderão ser livremente abusadas sexualmente e verão como normais, não delatando os agressores.Meu Deus!!
Esse País está merecendo um meteoro!!
Bolsonaro em certas coisas está correto.

André Lux disse...

Macabro é o amontoado de asneiras que vc acabou de defecar aqui no meu blog. Procure um psiquiatra, ainda há tempo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...