Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Primeira Vitória: "Jundiaí Livre" obriga tucanos a madrugar na prefeitura e mandar seu peão midiático para o sacrifício

Direita em xeque: tucanos mandam 
Sindey Mazoni para o sacrifício de novo!
Se eu fosse comparar a política a um esporte, certamente seria o xadrez. E uma das melhores maneiras de se avaliar o sucesso de um movimento seu, tanto na política quanto no xadrez, é analisando friamente a reação do seu oponente.

Em Jundaí, a esquerda movimentou suas peças com o lançamento do Movimento Jundiaí Livre, que tem como objetivo dar voz às forças que querem uma nova forma de governar a cidade depois dos 20 anos de (des)governo do PSDB. O sucesso dessa iniciativa pode ser medido claramente nos movimentos realizados em seguida pela direita.

O primeiro deles foi convidar o senador Eduardo Suplicy, do PT, a visitar o prefeito Miguel Haddad e os deputados Ari Fossem e Luiz Fernando Machado no paço municipal após o final do evento de lançamento do Movimento Jundiaí Livre. O fato de Suplicy ter ido pouco importa para o movimento, afinal trata-se de um senador progressista que, por isso, tem obrigação republicana de manter um bom relacionamento com todas as autoridades públicas do Brasil. O que realmente importa é que o prefeito interino de Jundiaí, os deputados e seus assessores foram obrigados a ficar, em plena sexta-feira, na prefeitura até depois das 22h30 - que foi o horário que Suplicy deixou o evento.

Digno de nota também é o fato de repórter e fotógrafo do "Jornal de Jundiaí" terem ficado todo esse tempo junto ao interino para garantir que, pasmem, a matéria e a foto desse encontro irrelevante fosse publicada com destaque na edição do dia seguinte. Quem entende um pouquinho de jornalismo sabe que o fechamento da edição de um jornal só é postergado assim quando acontece um fato muito, mas muito importante. Convenhamos que um encontro meramente burocrático entre um senador e um prefeito não é um desses fatos.

E daí vem o segundo movimento da direita em Jundiaí: fazer o Sindey Mazoni, seu principal porta voz na imprensa corporativa municipal onde atua travestido de editor chefe do mesmo "Jornal de Jundiaí" (coincidência?), usar esse fato para tentar menosprezar o Movimento Jundiaí Livre. Vejam o que escreveu Mazoini em seu editorial semanal, esbanjando como sempre toda a sua sutileza digna de um rinoceronte correndo em um loja de cristais: "O senador Eduardo Suplicy (PT), pelo visto, não entrou no clima futebolístico-eleitoral em que está metida a política jundiaiense. Após a reunião com as oposições, foi ao encontro do prefeito Miguel Haddad e dos deputados Luiz Fernando Machado e Ary Fossen para presenteá-los com um livro".

Traduzindo tudo isso: o Movimento Jundiaí Livre está incomodando tanto os donos do poder em Jundiaí que eles já foram obrigado a movimentar suas peças no tabuleiro do xadrez político de maneira defensiva. Além de obrigarem seu rei e seus bispos a madrugar na Prefeitura à espera do senador Suplicy só para tentarem lucrar politicamente em cima do fato, ainda mandaram seu principal peão midiático para o sacrifício, fazendo-o tirar sua máscara e novamente jogar às favas a ética jornalística em favor de seus reais mandatários!

Ainda são movimentos sutis, que passariam em branco para a maioria das pessoas. Mas não menos importantes. Muitas jogadas ainda acontecerão nesse intricado tabuleiro, mas o fato é que o Movimento Jundiaí Livre, um dia após ter seu lançamento oficializado, já conquistou sua primeira vitória.

5 comentários:

Anônimo disse...

Eu estava tão orgulhoso de receber o livro autografado das mãos do Senador........

Douglas Yamagata disse...

Simplesmente, se eu fosse o Supla, não iria participar de reunião de madrugada com estes caras. Dane-se as formalidades...
Aliás, o encabrestado que você cita na matéria, pelo que eu saiba, mandou retirar seus jornalistas no evento promovido na Associação dos Aposentados.

Anônimo disse...

desculpe caro André, mas os peões deste tabuleiro são o prefeito e sua turminha.
o rei, a rainha e os bispos, provavelmente estão no forúm da cidade.
afinal, o q explica tantos absurdos,se não a certeza da impunidade?

FERNANDO ZINGRA disse...

Hoje pela manhã tive o prazer de receber ligação do Senador Eduardo Suplicy! Conversamos por quase uma hora e REAFIRMOU seu TOTAL APOIO ao MOVIMENTO JUNDIAÍ LIVRE!

Fiquei sabendo que sua visita ao prefeito interino, partiu de convite insistente do Dep. Federal Luiz Fernando Machado! E esse pelo seu cargo público, seu compromisso com a população e pelo seu caráter aceitou o convite!
Coincidentemente tal convite ocorreu pouco antes do Senador embarcar para Jundiaí!
Ao que tudo indica tal visita incomodou, e muito!

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkk

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...