Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

domingo, 24 de outubro de 2010

Alerta de quem é do ramo: A armação que pode vir nos dias finais de campanha

por Luiz Carlos Azenha, no Viomundo

O alerta é de um jornalista experiente, com amplos contat0s na comunidade de informações, com arapongas e ex-arapongas.

Não nasce de um evento específico, mas de um encadeamento lógico de fatos: a campanha sórdida e subterrânea na internet, os panfletos apócrifos, as chamadas por robôs e a farsa de Campo Grande, onde o único ferido — realmente ferido — foi um militante petista com um corte no supercílio (que não apareceu no Jornal Nacional).

Vem da repetição de um padrão no telejornal de maior audiência: Dilma, agressiva; Serra, vítima. Um padrão que se manteve na noite deste sábado, quando a Globo omitiu o discurso do governador paulista Alberto Goldman em que ele sugeriu uma comparação entre Lula e Hitler (com menção ao incêndio do Reichstag), omitiu que militantes de PT fizeram um cordão de isolamento para que uma passeata tucana avançasse em Diadema e destacou o uso, por eleitores de Serra, de capacetes para se “proteger” das bolinhas de papel.

O colega, em seu exercício de futurologia, mencionou o Rio de Janeiro como o mais provável palco de uma armação, por dois motivos:

1) é onde fica a Globo;

2) é onde subsiste a arapongagem direitista.

Como lembrei neste espaço, anteriormente, foi assim o golpe midiático perpetrado em 2002, na Venezuela, retratado nos documentários A Revolução não Será Televisionada e Puente LLaguno.

Parte essencial daquele golpe, que juntou militares insatisfeitos com a oposição em pânico e apoio maciço da mídia, foi a acusação de que militantes chavistas tinham atirado em civis desarmados, quando as 19 mortes registradas num confronto entre militantes das duas partes resultaram de tiros disparados por franco-atiradores e de policiais de Caracas leais à oposição.

Porém, foram semanas até que tudo ficasse claro para boa parte dos venezuelanos e para a opinião pública internacional.

O Brasil de 2010 não é a Venezuela de 2002, mas não custa ficar alerta.

4 comentários:

Alex disse...

CARA, seu site também deu mensagem de perigo de malwere, igual o viomundo e escrevinhador.

Monica Vasconcelos disse...

Velho, seu blog parece que tambem sofreu ataque, quando fui entrar veio aquela mensagem de site perigoso... tente ver como fazer para tirar isso!! abs

Gilson Gabriel disse...

Também neste blog aparece o tal aviso de que ele é portador de elementos nocivos ao meuPC. Segui o conselho do Sr Cloaca e mandei bala, continuando a leitura dos posts normalmente. A luta não para, Companheiros!

Augusto da Fonseca disse...

“Bolinha não dói” será a marchinha mais tocada no carnaval do Rio

Texto e vídeo em: http://festivaldebesteirasnaimprensa.wordpress.com/2010/10/24/bolinha-nao-doi-sera-a-marchinha-mais-tocada-no-carnaval-do-rio/

***

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...