Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

DataSerra joga a toalha: Dilma dispara para 41%; Serra desaba para 33%

O Jornal Nacional, da Rede Globo, acaba de divulgar os resultados da nova pesquisa Datafolha para a eleição presidencial. Depois de mostrar durante meses vantagem do candidato tucano, José Serra, agora o Datafolha se "ajusta" aos demais institutos de pesquisa e mostra vantagem ampla da candidata petista, que subiu de 33% para 41%, enquanto Serra caiu de 37% para 33%. Marina Silva (PV) manteve 10%. Plínio continua com menos de 1%.

A candidata da coligação do PT à Presidência, Dilma Rousseff, em cuja coligação figura o PCdoB, outras legendas de esquerda e uma ampla frente partidária, aparece pela primeira vez à frente de seu principal adversário na corrida eleitoral, José Serra (PSDB), segundo o Datafolha.

De acordo com o levantamento divulgado nesta sexta, a ex-ministra cresceu 5 pontos percentuais com relação à última pesquisa, realizada em julho, e agora tem 41% das intenções de voto.

Ao mesmo tempo, o tucano oscilou negativamente de 37% para 33%. Marina Silva (PV) manteve os 10% que havia registrado na sondagem anterior.

Os dados foram divulgados no Jornal Nacional, da Rede Globo, pelo jornalista Willian Bonner, o mesmo que entrevistou os candidatos à presidência nesta semana. Segundo aliados de Dilma Rousseff, Bonner foi rude com a candidata petista durante a entrevista e amável com o candidato tucano José Serra quando este foi entrevistado no JN. Por conta deste episódio, uma das frases mais repetidas pelos internautas no Twitter na noite desta sexta-feira era a seguinte: "Ver o o casal 45 William Bonner e Fátima Bernardes, dando a notícia de Dilma 8 pontos á frente de Serra no Datafolha não tem preço..."

Segundo turno
A simulação de segundo turno feita pelo Datafolha também mostra que a vantagem de Dilma sobre Serra subiu e agora é de oito pontos percentuais (49% a 41%). Há 20 dias, era de só um ponto (46% a 45%).

Na intenção de voto espontânea, Dilma aparece em ascensão: 26% dos eleitores dizem, antes de receber o cartão circular com os nomes de todos os candidatos, que votarão nela (no final de julho, essa taxa era de 21%).

Serra manteve os 16% de citações espontâneas que registrou no levantamento anterior, enquanto 43% dos entrevistados não sabem dizer, sem serem estimulados pela relação de nomes, em quem vão votar.

A rejeição dos eleitores não sofreu alterações: 28% deles não votariam em Serra (contra 26% há 20 dias). Dilma é reprovada por 20% (um ponto percentual a mais que em julho).

O levantamento está registrado no TSE sob o número 22734/2010.

Um comentário:

Ricardo Melo disse...

Bye Bye Serra 2010! O Data-Serra ja está em processo de alinhamento com os outros institutos. Na verdade a vantagem real deve ser maior. E ateeeeennção: vem aí a pesquisa do Sensus! Chupa, Willian Hommer! A vida é bela!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...