Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Chefão do JJ joga a toalha: Na falta de argumentos lógicos, apela-se para a baixaria

Em seu editorial do dia 8 de agosto, o editor-chefe do "Jornal de Jundiaí" jogou a toalha e admitiu, implicitamente, que não possui mais justificativas minimamente plausíveis para tentar explicar porque não publicou a notícia da impugnação do candidato a deputado federal do PSDB.

Depois de tentar justificar porque só deu destaque às impugnações dos candidatos que não eram do PSDB e ser contestado duas vezes por mim aqui no Tudo em Cima (Justificativas do editor-chefe do "Jornal de Jundiaí" não condizem com os fatos! e "Jornal de Jundiaí" muda versão para blindagem de tucano!), o editor-chefe do JJ partiu para o plano B: apelar para ataques chulos e baixaria na tentativa desesperada de denegrir seu interlocutor e, assim, desviar o foco da sua falta de argumentos.

Veja o que escreveu agora o chefão do "Jornal de Jundiaí" em sua coluna dominical:

"[...] O pleito de 3 de outubro será o primeiro em que a internet será utilizada como ferramenta - mais propriamente pelos ´assessores´ que pelos candidatos - em sua plenitude. Por isso, cuidado! Blogs ou sites ditos ´independentes´, para os quais só existe uma verdade, que só editam o que lhes apetece, não têm a menor credibilidade. São lixo. Devem ser tratados como tal."

É ou não é uma graça ver um sujeito que tem um cargo poderoso dentro de um dos jornais outroras mais lidos da região sendo obrigado a ter que dar satisfações por duas vezes a um blog que ele mesmo considera como "lixo" e "sem credibilidade"? E mais: quando é duplamente desmascarado e percebe que não tem como tentar inventar desculpas fajutas para explicar a sua parcialidade e partidarismo inconfessáveis, apela para ataques pessoais chulos, mas nem mesmo tem coragem de dar nomes aos bois!

E o mais triste: tenta me rotular como 'assessor' só porque eu trabalhava com o deputado Pedro Bigardi antes dele perder o mandato (algo que, por motivos éticos, deixei bem claro aqui em meu blog em julho de 2009). Como se o fato de alguém trabalhar para um político o tornasse impedido de tecer opiniões sobre qualquer coisa! E o cara nem originalidade tem, pois já havia apelado para essa mesma tática persecutória antes (clique aqui para ver).

Enfim, fica definitavamente comprovado que o editor-chefe do "Jornal de Jundiaí" não publicou a notícia da impugnação do candidato do PSDB por motivos que não tem coragem de confessar. Afinal, para pessoas como ele só existe uma verdade e só editam o que lhes apetece, não tendo enfim a menor credibilidade.

Eu falo que quando esses caras nos atacam, estão no fundo apenas revelando a imagem que enxergam refletidas em seus espelhos...

E para aqueles que acham que não existe diferença entre meu blog e jornais como o JJ, por ambos serem parciais, partidários e nada isentos eu digo: concordo plenamente. A única - e brutal - diferença é que eu admitido tudo isso honesta e abertamente em respeito à inteligência dos meus leitores.

Clique aqui para ler o editorial do chefão do JJ na íntegra.

4 comentários:

Hernan disse...

O fato é que você, como blogueiro, está plenamente identificado em suas opções partidárias. Não está apregoando imparcialidade e não está sendo desonesto. Já o dito jornal, que posa de veículo independente, esconde sua opção política. Se o jornal assumisse suas preferências não haveria problemae, mas isso significaria revelar que sua linha editorial é pautada pelos interesses do partido.

E viva a internet, que dá voz ao outro lado.

Douglas Yamagata disse...

Falaí André, beleza?

Ainda bem que temos orgulho de termos blogs que são um lixo e sujos!

Mas ainda ninguém me respondeu a curiosidade de muitos: o Luiz Fernando Machado foi impugnado pelo PPS por que ele foi detido em 2002 por porte ou por tráfico de drogas?

Ricardo Melo disse...

Eliminando a inversão dos espelhos, o texto do chefão (hahaha...) do diário "Josta Josta" ficaria assim:

"Por isso, cuidado! Jornais e emissoras do PIG, para os quais só existe uma verdade, que só editam o que lhes apetece, não têm a menor credibilidade. São lixo. Devem ser tratados como tal."

É isso, lixo é o Jornal de Jundiaí, essa patética "subsidiária" da fAlha de São Paulo, conduzido por capachos dos mandatários regionais.

Arynunes disse...

É incrível como correntes paralelas se atraem e caem sempre no lugar comum,deunciando modus operandi semelhantes.

Não sei se é uma espécie de transe psicótico que os fazem agir de forma simultânea,como autômatos. Mas sempre caem na vala comum.

Ou essa atitude do rapaz tem alguma diferença da de SERRA,sobre os blogs "sujos"???

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...