Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

terça-feira, 13 de abril de 2010

Preconceito e elitismo escancarados Colunista da Folha e o partido da massa cheirosa

Hoje, repórteres em início de carreira se esforçam para ser mais realistas que o rei. Não é incomum ver blogueiros, colunistas e redatores de alguns jornais e revistas mais preconceituosos e direitosos dos que os donos dos seus veículos.

- por Renato Rovai, editor da Fórum

A jornalista Brunna Rosa publicou uma nota no Futepoca que mostra como alguns coleguinhas perderam completamente - e ao mesmo tempo - a vergonha e o senso do ridículo.

A colunista da Folha de S. Paulo, a jornalista Eliane Catanhêde comentou o encontro do PDSB para o site da Folha. É importante que você assista ao vídeo para entender essa nota. Mas o que me leva a escrevê-la não é o fato de ela vibrar com o fato de Aécio Neves ter dado uma esperança de que pode vir a ser vice, mas o comentário absurdo que de tanta gente presente no encontro até parecia que o PSDB estava virando um partido de massa, mas uma massa cheirosa. A jornalista atribui "a brincadeira" a um "velho assessor do PSDB".

Evidente que ao dizer isso sem citar o nome do autor e sem manifestar indignação Catanhêde corrobora a tese. E nesse caso deve explicar se acha que a massa como um todo fede ou se acha que só a massa dos outros partidos, como o PT e o PCdoB, por exemplo, é que fede.

Cada vez mais este tipo de visão preconceituosa vem ganhando força nas redações. Hoje é difícil encontrar pessoas dispostas a pisar no barro e contar as histórias do Brasil real. O que está em alta é jornalismo de boutique. Dondocas de roupas de grife e moços de cabelos engomados é que dão as cartas nos principais veículos de comunicação. E isso tem muito a ver com o fato de a imensa maioria dos profissionais desses veículos terem todos a mesma origem social. Vá a uma redação é pergunte quantos dali passaram pela escola pública, quantos vieram da periferia e aproveite para fazer o teste da cor, conte a quantidade de negros presentes e calcule isso em percentual.

A nossa mídia não está cada dia pior e mais distante do Brasil real apenas porque os seus donos são preconceituosos e de direita. Mas porque boa parte dos jornalistas pensa da mesma forma. Isso é o mais terrível. Antes, os donos tinham uma cabeça e a redação outra. E isso era presente até entre aqueles que ocupavam cargos de chefia.

Hoje, repórteres em início de carreira se esforçam para ser mais realistas que o rei. Não é incomum ver blogueiros, colunistas e redatores de alguns jornais e revistas mais preconceituosos e direitosos dos que os donos dos seus veículos.

À propósito, seria interessante perguntar ao Otávio Frias Filho se ele acha que a massa fede.

3 comentários:

Cybershark disse...

Tucanhêde se entregou.

Anônimo disse...

Meu caro, neste ano pulei carnaval no Rio de Janeiro, no centro da cidade, junto aos blocos de rua mais tradicionais da cidade. E posso lhe assegurar: A MASSA FEDE SIM, E FEDE PRA DIABO. FEDE URINA E SUOR. E ISSO É FATO, NÃO PRECONCEITO.

Lazanha do Armôço disse...

Fico imaginando o fedôr das "partes" dessa senhora, das meninas véias do Jô e da Mírian Leitão. Que nos diga o Farol de Alexandria. Aquele mesmo que pegou a Mírian Dutra....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...