Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

domingo, 28 de março de 2010

Herança da ditadura militar: Serra manda policiais à paisana para tumultuar protesto!

O blog Os Amigos do Presidente Lula traz uma denúncia gravíssima hoje: a de que o ditador... digo, governador de São Paulo José Serra, do PSDB, mandou a PM infiltrar policiais à paisana no protesto dos professores por melhores salários com o objetivo de provocar tumulto e, assim, gerar a desculpa para os ataques da PM! Pior é que o fato é confirmado involuntariamente pela própria PM que, em nota oficial, afirma que não é um estudante que carrega a policial ferida, mas sim "um policial à paisana" (veja reprodução da nota acima).

Como todo mundo sabe, essa é uma tática velha, usada muito durante a ditadura cívico-militar que durou 21 anos e praticamente acabou com o nosso país a partir de 1964.

Vejam esse trecho da denúncia: O Professor de Filosofia de Jundiaí, Fernando Ribeiro, presenciou quando um dos muitos policiais infiltrados pelo governo na manifestação “tentava atear fogo em um veículo, buscando incriminar os manifestantes”. Com o policial à paisana identificado, professores e estudantes saíram à caça do marginal que buscou refúgio entre os policiais militares. “Tentaram colocar fogo no carro para culpar o protesto. Como agiram com muita força, numa ação desproporcional, queriam uma justificativa”.

Leiam essa grave denúncia neste link.



2 comentários:

Antonio Carlos disse...

Aí está! Falar mais o que deste senhor.

É um produto da mídia, quem votou comprou produto enganado.

Não errem novamente.

Augusto da Fonseca disse...

O inexplicável aumento de vantagem do Serra sobre a Dilma (Datafolha)

Minha cabeça de engenheiro sempre exige explicações racionais para explicar números de pesquisas de opinião. Minha neta de três anos não é engenheira (ainda), mas gosta que eu explique tudo com lógica.

Diante dos últimos resultados do Datafolha, que mostram um aumento na vantagem do Serra sobre a Dilma, de cinco para nove pontos percentuais, ela me fez as seguintes perguntas:

1. A Dilma não cresceu 20% na pesquisa espontânea, passando de 10% em fevereiro para 12% agora em março?

2. O Serra não ficou estagnado em 8%, na espontânea, nesse mesmo período?

3. A rejeição ao Serra não se manteve no mesmo patamar de 25%, entre a pesquisa anterior e esta?

4. A rejeição à Dilma não se manteve no mesmo patamar de 23%, no mesmo período?

5. Houve algum fato novo relevante para o crescimento do Serra?

6. Será que inauguração de maquete de ponte e demolição de prédio foram suficientes para aumentar a indicação de voto no Serra?

7. Houve algum fato relevante para a estagnação com ligeiro decréscimo da Dilma?

8. A Dilma não continuou inaugurando obras importantes todos os dias?

7. Se a porradaria (desbocada essa menina) das Organizações Serra em cima do Zé Dirceu e do Vaccari tivesse interferido na avaliação dos eleitores pesquisados não seria natural o aumento da rejeição à Dilma?

8. Finalmente, o aumento da avaliação do governo Lula, que atingiu o recorde nas pesquisas do Datafolha com 76%, não taria vantagem para a Dilma em vez de trazer vantagem para o Serra, como tenta demonstrar a Folha de São Paulo?

(continua em http://migre.me/rUSj)

*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...