Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Preconceito pouco é bobagem Para o PiG, praça pública não é lugar para relaxar

Para o "Jornal de Jundiaí", representante local do PiG, praça pública não é lugar para as pessoas relaxarem e beberem. Vejam abaixo o supremo do ridículo que esse "jornalixo" reacionário tem coragem de estampar em sua capa:



É preconceito puro. Os sujeitos estavam ali na praça, que é PÚBLICA, sentados na boa, relaxando e tomando uma pinguinha. Não cometeram nenhum crime, nem estavam incomodando ninguém. Mas para o PiG local isso não é possível, é errado, um absurdo. Quer dizer que se amanhã eu estiver dando uma volta pelo centro da cidade e, com calor, resolver tirar a camisa e sentar num banco da praça para tomar uma cervejinha corro o risco de ser fotografado e chamado de "indigente" e "desocupado" na capa desse jornaleco!

Agora, se fosse um cidadão da classe média alta que estivesse bebendo sua cervejinha na beira da piscina do clube no mesmo dia e horário, provavelmente sairia na coluna social do mesmo jornal, não é mesmo? Haja hipocrisia...

19 comentários:

Anônimo disse...

Você já está bem grandinho para saber que nem todo desocupado é um indigente.

André Lux disse...

E desde quando ser indigente é crime?

Anônimo disse...

Claro, claro, qual o problema de manguaçar na praça pública em pleno dia útil? Eles só estavam ali esperando o Bolsa Família cair na conta da Caixa.

André Lux disse...

Os tucanos se entregam rapidinho, não? Só rindo mesmo...

Anônimo disse...

É Andre,so pode manguaçar em dia util,se for tomando uisque,em um belo iate,comendo caviar e eperando o dinheiro das falcatruas do mercado financeiro cair na conta!
Quem recebe bolsa familia nao pode!RS!
Meu amigo,alienados como esse outro anonimo ai,nao tem jeito!Quer valer qto como ele assina a veja e acha o "tio rei" e o jabor o maximo???

Ricardo Melo disse...

Ô "anônimo", ainda dá tempo, corre lá pra praça e mande esses desocupados vestirem a camisa, mande os caras ficarem de pé, mande eles procuararem o que fazer.

Se não respeitarem, chame a polícia, se a polícia não fizer nada (pois "manguaçar" em praça pública não é tipificado como crime), contrate outros desocupados para expulsá-los.

Se isso também não funcionar, contrate outros "meliantes" para enfiá-los em um camburão e deixá-los de noite à beira da Fernão Dias, em Camanducaia, Minas Gerais.

Se eles voltarem, aí já é demais, então você contrate uns pistoleiros de alugel para "eliminar a pouca vergonha pela raiz".

Depois de tudo isso, aí sim, você entra na sua casa, tira a sua camisa e poderá manguaçar à vontade, feliz pelo dever cumprido.

Tá esperando o quê, ainda não foi?

André Lux disse...

Precisa ver se o "anônimão" aí é daqueles fascistas realmente convictos, tipo Opus Dei, que acham que sexo e bebida são expressões do belzebu e, por isso, se mantém castos e sem ingerir uma gota de álcool, ou se é daqueles falso moralistas, que enquanto bradam contra as drogas e a decadência da sociedade e dos valores dos homens de bem chacoalha seu whysky 12 anos numa mão enquanto abraça uma prostituta com a outra...

De qualquer forma, ambos são patéticos e desprezíveis.

Ricardo Melo disse...

Whisky 12 anos? Que nada, eu imagino o cara bebendo da mesma "marvada" que os desocupados gostam.

E tem mais, se alguém relar a mão neles, é provável que o "anônimo" vire "celebridade" do excelente Jornal de Jundiaí, nas páginas policiais.

Cybershark disse...

Esse "Jornal de Jundiaí" é uma piada. Fazer alvoroço só porque os caras estavam bebendo em espaço público?!

No mais, você tem razão sobre os "cidadãos de bem" que vivem bravateando em nome dos bons costumes contra uma suposta decadência moral, sobretudo quando o assunto é sexo. Freud explica.

Você falou em prostituição, que é um tema polêmico e há quem discuta se deve ser legalizada ou não. Qual é a opinião de vocês?

Antonio Carlos disse...

Aí André! O Sidney Mazzoni, aquele sabe tudo que escreve besteira sobre o Lula e ofende o Orlando Silva chamando de Ministro da tapioca (Pô, nem precisa comparar), só estes dois já são melhores que muitos da turma do FHC+Serra. Então o carinha respondeu o seu cometário: ele conhece mesmo os dois cidadãos e afirma que são desocupados e indigentes.
Opa, o Jornal está melhorando, pelo menos investigou!?!
E pediu autorização para os cidadãos deixarem usar as fotos. Será?

Só acho que este Jornal tem o dever de fazer mais (já que recebe muito dinheiro da prefeitura), ou pelo menos podeira ter uma atuação digna e respeitar os verdadeiros patrões que é o POVO.

Cidadão disse...

Provavelmente os caras tavam ali só esperando uma oportunidade de roubar alguém, praça publica não lugar de vagabundar!

Priscila disse...

Olha André Lux um dos meus maiores dilemas é brigar com O SOLDADO C.ainda meu marido que é PM é fica discriminando todo tipo de gente menos ele mesmos e alguns de seus parceiros que em serviço fazem ou já fizeram coisas bem piores em serviço.Pena que muitas coisas só se descobre depois com o tempo,já que ninguém é loco como eu que não tem rabo preso e nem vende uma falsa imagem para ser aceito por uma sociedade podre e corrompida.Onde o dinheiro e o poder mascaram as realidades mais sórdidas .

Na quarta passada havia me esquecido que era feriado e parei nas vagas do Fórum vi uma muvuca de viaturas na frente dai havia um senhor parado no paquímetro perguntei o que havia acontecido já que não tinha expediente.Ele me disse que não entendeu do porque tantas viaturas e policiais (2 rocans/2PMs,2 viaturas 4 PMs,e mais 2 delegacia da mulher,a qual encaminharam o cidadão que segundo o senhor não o viu agredir a POLICIAL que estava lá,ele acredita que ele deveria te-la desacatado,eu perguntei a descrições do homem,claro pelo visto não usava terno e gravata.

Cheguei em casa e perguntei ao soldado C. o que havia acontecido de tão grave para tantas viaturas em uma só ocorrência já que a policial é qualificada para se defender,se não não estaria em um posto do fórum onde a frenquência de todo tipo de pessoas.
E pelo visto o cidadão não estava armado,resumindo o soldado ficou irritado porque eu disse que se cada cidadão ao procurar a policias tivessem o mesmo tratamento,só que não é o que fazem,veja pelo cidadão assaltado em plena luz do dia na rangel pestana,o comandante disse que não tinha viatura pois o efetivo tinha bastante ocorrência na hora,imagine na quarta feira quantos cidadãos ficaram a mercê dos bandidos porque só no fórum para socorrerem uma parceira haviam várias viaturas empenhadas,o soldado C. que no dia que fui assaltada ele e seus parceiros nada fizeram,tive que ligar 3 vezes 190 e ser maltratada e ter desligado o telefone em minha cara isso porque estava com minha filha que tem hipoglicemia controlada e estava junto,e só depois de 40m minutos chegaram em casa.

O maior problema na espécie humana é avaliarem as pessoas pela falsa aparência,se está bem vestido,e tem, uma colocação verbal centrada e se for pior ainda autoridade pública daí vc é visto como PESSOA LICITA,mesmo que apenas aparente.

Mas se vc se veste aos olhos deles mal,descabelado ,roupa de função ,correntes no pescoço,regata chinelão,fica na praça tomando IPIROCA,vc é mala ,desocupado,vagabundo etc...

VICHI,LOIRA,VESTIDO ROSA OU VERMELHO,CALÇA LEG BRANCA,TOP,TATTOO SENTADA NA PRAÇA É GAROTA DE PROGRAMA,TRAVECO E VADIA.DIGO ISSO PORQUE JÁ ME ACONTECEU ISSO COM POLICIAIS.

MAS ESTAVAM EM SERVIÇO E PASSARAM CANTADA EM MIM.

gente fina,educada,bem vestida,boa pinta,não fazem as coisas como pobre na rua eles fazem na surdina em locais chiques e privilegiados,eles se esquecem que o salário de pobre só da para ficar nas praças pois esses falsos moralistas exploram os que eles humilham.O fogo do inferno e os vermes da terra comerão se alimentam e queimam todos as carnes podres e fetidas,principalmente as daqueles que pregam o que não fazem. AMO POBRE ,AMO NEGRO,AMO FAVELADO,AMO SUJO E O RASGADO,AMO DROGADO,AMO VICIADO,AMO ATÉ SERUMANO DESVIADO POIS O FUTURO SÓ A DEUS PERTENCE DIZER QUE DESSA AGUA JAMAIS BEBEREMOS É EGOÍSMO,INDIVIDUALISMO,POIS SOMO TODOS VITIMAS DE UMA SOCIEDADE FALIDA E CORROMPIDA.SÓ NÃO AMO OS SEM ESCRÚPULOS QUE JULGAM SEM TER MORAL PARA TANTO.ME DESCULPEM

Anônimo disse...

No fim do ano passado um grande amigo meu chamado Roberto Togni foi assassinado covardemente em frente a praça da bandeira por esse tipo de individuo que está estampado na foto do JJ, ele voltava do Extra com 2 sacolinhas com comida para dar as seus 2 filhos pequenos, de 7 e 5 anos, um cara trabalhador, de bem, a pergunta é André Lux, porque você não defende o pai de familia, que trabalha o dia todo para sustentar os filhos e sim esses vagabundos que ficam bebendo e matando gente? Escroto! Wilson Tosseto, Vianelo.

André Lux disse...

Senhor Tosseto, você tem provas que os assassinos daquele pai de família eram os mesmos que estavam na praça e foram fotografados pelo jornalixo de Jundiaí? Aguardo sua resposta.

Anônimo disse...

Ô André. meu doce socialista,logo você a favor da privatização do espaço público pelo lumpem proletariado desorganizado,vagabundo e improdutivo, desprovido de consciência de classe? Náo foi isso que titio Marx ensinou.

André Lux disse...

Muito boas as manifestações dos nossos covardes anônimos. Comprovam que o viés reacionário e preconceituoso do jornalixo de Jundiaí ainda encontra ressonância em uma certa parcela da população - justamente aquela que não tem coragem de assinar o nome nas asneiras que escrevem. Sintomático, não? ;-)

Antonio Carlos disse...

Sobre este assunto somente o senhor Mazzoni conhece os cidadãos. Os anônimos somente repetem o que diz o J.J., não tem opinião alguma.

Meus caros sejam no mínimo inteligentes... Pensem por vocês mesmos.

Anônimo disse...

Marx esperava uma revolução de homens talhados com autonomia moral pelo trabalho duro. Essa esquerdalha sai em defesa de qualquer bêbado que aparece na rua porque sua política sempre consistiu em nada mais do que converter o lumpem em massa de manobra.

Cybershark disse...

Putz, esse Tosseto é um mala. Pedir pra defender o "cidadão de bem" ou "pai de família" é sempre um mau indício. Quer dizer que se alguém parar na praça pra beber deve automaticamente ser considerado bandido? Preconceito pouco é bobagem...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...