Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Golpe Militar em Honduras: Lula fala grosso contra direita anti-democrática



Do portal G1

Itamaraty ordena que embaixador brasileiro em Honduras fique no Brasil
Brian Michael Fraser Neele estava de férias quando ocorreu golpe militar.


Ministro Celso Amorim determinou que ele não retorne agora a Honduras.

O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, determinou ao embaixador brasileiro em Honduras, Brian Michael Fraser Neele, que não retorne ao país da América Central, até uma nova ordem. Neele estava de férias quando ocorreu o golpe militar naquele país contra o presidente Manuel Zelaya. A assessoria de imprensa do Itamaraty não informou desde quando o embaixador estava de férias nem em que local.

A crise política em Honduras que levou à detenção e ao exílio do presidente Manuel Zelaya pelo Exército do país, neste domingo, teve origem num enfrentamento do mandatário com os outros poderes estabelecidos do país: o Congresso, o Exército e o Judiciário.

A decisão do governo brasileiro é mais um passo para isolar politicamente o novo governo golpista de Honduras. O presidente Lula disse nesta segunda-feira (29) que o golpe é "inaceitável". Segundo ele, é preciso manter o país isolado até que o governo democraticamente eleito retorne ao poder.

A decisão do governo brasileiro se soma à pressão exercida por outros países contra o golpe militar. Países latino-americanos que integram o grupo de esquerda Aliança Bolivariana para os Povos de Nossa América (Alba) anunciaram nesta segunda-feira (29) que também vão retirar seus embaixadores de Honduras.

4 comentários:

Christian disse...

A "velhilíngua" da Grobo continua a mesma, né não?

A crise política em Honduras ... teve origem num enfrentamento do mandatário com os outros poderes estabelecidos do país: o Congresso, o Exército e o Judiciário.

Até onde eu imagino, Forças Armadas são subordinadas ao chefe do Executivo. Portanto, o golpe nada mais foi que uma quebra de hierarquia, tão prezada pelos milicos.

Outra, o termo teve origem num enfrentamento está lá para por a culpa no Zelaya. Em linguística, a ordem dos fatores ALTERA o produto, não?

Abs!

Luis Henrique disse...

A chamada da âncora foi bastante 'interessante': 'Em Brasília, o presidente Lula disse que é acei... (aham) inaceitável perdão, o golpe de Estado em Honduras.'

Claro que foi um pequeno deslize dela, mas que reflete a vontade da Globo não resta a menor dúvida.

ZEPOVO disse...

Lula pratica a liderança natural e de direito do Brasil.

Ricardo disse...

André, o engraçado é que os grandes meios nem estão dando o devido destaque ao fato, caramba foi um golpe militar na América Latina, e eu não vejo praticamente nada a respeito nos grandes meios de comunicação, imagina se fosse um golpe de um governante de esquerda...

A grande imprenssa é pior do que eu imaginava, qual o limite do PIG André?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...