Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

quinta-feira, 5 de março de 2009

Ato contra a "ditabranda" da Folha: Sábado, dia 07, às 10 horas

Só para lembrar a todos que visitam meu blog:

O ato cívico contra o jornalismo de esgoto da Folha de S.Paulo, que chamou em editorial de "Ditabranda" a Ditadura que prendeu, torturou e matou centenas de brasileiros por 21 anos, vai acontecer neste sábado, dia 07 de março, a partir das 10 horas, na rua Barão de Limeira, Centro de São Paulo.

A organização da manifestação, encabeçada pelo blogueiro Eduardo Guimarães, está chamando bastante atenção e mereceu ataques até do poodle que se juga pitbull da revista Veja. Bom sinal. Sinal de que estamos incomodando e já não dá mais para eles nos ignorarem, como faziam no passado não muito distante.

Confira abaixo um mapa, retirado do blog do Esquerdopata, com a localização da sede do feudo midiático da famiglia Frias, que fica nesse A grande do mapa. O M na Praça da República é de Metrô. Vários estacionamentos disponíveis.

Um comentário:

José Melquíades Ursi disse...

O ALEIJÃO
Se você fosse garça branca a voar planando sobre o espelho de lago amplo,
não seria ditabranda.

Se você fosse a anta a demarcar atalhos para beber água nova à sombra da palmeira,
não seria ditabranda.

Se você fosse o casal de lontras a rolar na água rasa para se acasalar rugindo,
não seria ditabranda.

Se você fosse a urutu rastejando para se aquecer e relaxar naquela moita de capim macio,
não seria ditabranda.

Se você fosse a sucuri espraiada ao chão para digerir pacientemente a refeição,
não seria ditabranda.

Se você fosse o canário da terra a cantar pela manhã as luzes do alvorecer, de galho em galho,
não seria ditabranda.

Só que você não voa, ditabranda.
Você não bebe água nova,
você não se acasala rugindo,
você não se aquece e nem relaxa,
você não digere calmamente,
você não canta a alvorada.

Você, ditabranda,
é de espécie inferior,
desculpa envergonhada, aleijão,
por se saber apenas ditadura.
José Melquíades Ursi

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...