Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

sábado, 28 de fevereiro de 2009

Ato falho: Capacho do Frias expõe partidarismo de coleguinhas "insuspeitos"


O "vomitador de opinião" do jornal Folha do Serra, um tal de Marcelo Coelho, respondeu ao meu texto abaixo (postado por um leitor na seção de comentários em seu blog) com algo que me fez rir:

"[...] Não acho que simpatias pelo PSDB transformem alguém em direitista, haja vista os direitismos extremados que se manifestam por aí. [...]"

Primeiro, agradeço ao sr. Coelho por confirmar o que todo mundo já sabia, mas que eles negam até a morte: são partidários e nem um pouco isentos.

Segundo, pergunto: onde é que encontramos, nos textos e nos blogs desses "insuspeitos" jornalistas declarações claras e honestas dessas simpatias pelo PSDB?

Quem frequenta meu blog, por exemplo, sabe que eu deixo claro sempre que posso que sou de esquerda e simpatizo como o PT.

Já o senhor Coelho e seus coleguinhas "insuspeitos" JAMAIS fizeram isso e APENAS usam seus espaços para criar sofismas e distorcer os fatos para atacar o PT e outros esquerdistas, como Chávez ou Evo Morales, ao mesmo tempo que tentam vender as ideologias defendidas pelos tucanos e demos como se fossem "leis da natureza" - e não meras idelogias.

Sinceramente, vale a pena passar tanto vexame só para agradar o patrãozinho playboy?

3 comentários:

Anônimo disse...

André, e quando foi que você ou qualquer brasileiro viu um tucano assumir alguma posição ou um DEMO"crata?" assumir que é direitista?????

Frequento a blogosfera e "esse prazer" ainda não tive ou encontrei em nenhum comentário dos oposicionistas...

Aliás, além de democratas (PSDB e DEMo) sem povo e sem militância, são também enrustidos, pois nenhum deles se assumem como tal...

As vezes me compadeço desses partidos de oposição SEM MILITÂNCIA e que "verborragiam" insultos aos petistas ou esquerdistas que se assumem, postura completamente diversa as deles que ficam no eterno "ventriloquismo" dos "grandes" veículos de comunicação e seus chavões... dá pena ver tantas pessoas se absterem de raciocinar por elas próprias e negarem a realidade de maneira tão desbragada como eles fazem... em fim... só temos a lamentar, pois uma oposição assumida e propositiva é o que todos NÓS queremos e o que a verdadeira DEMOCRACIA espera...

Abraços,

Red Pepper
JS - RJ

Hudson Luiz Vilas Boas disse...

André
Quem até agora não disse uma palavra sobre o assunto foi o ilustre governador paulista José Serra. Gostaria de saber a opinião dele uma vez que foi perseguido e exilado pelo regime que a Folhona chama de "ditabranda". Na campanha a presidencia de 2006 ele disse que nem o nazismo na Alemnha foi tão deletério para a socidade civil organizada como foi o regime implantado em 1º de abril de 1964 no Brasil.
Quem sabe procurar essa coisas na internet pode encontrar. Isso foi ao ar num programa de estúdio daquela campanha...
Vamos agora instigar o "Vampirão" a se posicionar, pois é um assinte o que a Folhona tentar fazer com a História do Brasil e com a memória de tantos que padeceram sob a DITADURA MILITAR.
www.dissolvendo-no-ar.blogspot.com

zejustino disse...

Pegando carona no comentário do Red Pepper e abordando um outro lado:

O que vemos em alguns blogs, do Nassif por exemplo, são alguns comentaristas tentando assumir ares de vestais ou virgens imaculadas ao insistirem na declaração de que não pertencem a Partido nenhum porque todos (os Partidos) são farinha do mesmo saco.


Estamos numa democracia representativa e cada um se filia ou não ao Partido que quiser. Acredito que o discurso dessas "vestais" é falso moralista porque tem a pretensão de livrar o autor de qualquer responsabilidade política em relação à comunidade. Isto é, errados são os outros que insistem em escolher representantes que não representam o que eles (os "vestais") acreditam ser o ideal para a comunidade. São individualistas porque querem se fechar numa redoma que os isolem da atividade social e política de sua comunidade. No entanto, continuam assim agindo politicamente, para o mal (ou para o mau, se for inocentemente ou não em benefício de alguém) ou para o bem só que acreditam estar livres da acusação de favorecimento partidário.


Uma coisa é fazer a crítica política procurando mostrar a práxis de cada Partido, de seus representantes e de sua militância sem insinuar que a origem do mal está na existência destes. Outra coisa é sair arrotando um falso moralismo idiota que no fundo contribui para o projeto autoritário ou fascista de eliminação da representação política partidária.

Na última vez que interferi num comentário no blog do Nassif, fazendo questionamentos a respeito desse ponto de vista idiota que desqualifica a representação partidária e se alguem ali tinha uma outra solução, um dos "genios" que frequenta o blog veio contestando e se oferecendo para me explicar a respeito do voto distrital. Ou não consigo me expressar muito bem ou o tal comentarista deu uma de "joão sem braço" (fingiu que a questão era apenas a respeito de firulas e cosméticos técnicos).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...