Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Bob Fernandes, jornalista de coragem: "É grave a crise na PF"

O blog do Onipresente reproduz uma matéria do grande Jornalista Bob Fernandes que está enfiando o dedo na ferida e expondo a todos o que realmente está acontecendo no Brasil.

Fernandes é bem diferente de uns tipinhos aí que são machões só em seus bloguinhos enquanto se prostituem para a mesma mídia corporativa que tanto criticam fazendo matérias de encomenda e inócuas.

Reparem que o buraco é muito, mas muito mais embaixo do que querem nos fazer crer ingênuos e canalhas de plantão.

Segundo ele, o alvo "prioritário" da PF é o diretor afastado da Abin, Paulo Lacerda. E quem está por trás da ofensiva é o deputado do PMDB Marcelo Itagiba (RJ), que também é delegado da PF, ex-Chefe de Inteligência quando Vicente Chelloti mandava na corporação, contraparente do psdbista Andrea Matarazzo e ex-funcionário de José Serra no ministério da Saúde.

E ainda tem gente maluca que quer ver o Lula dando uma de "Conan, O Bárbaro" saindo por aí com uma espada na mão perseguindo esses mafiosos que tomaram conta do Estado brasileiro há décadas. Leiam e comprovem a diferença entre jornalismo realmente corajoso e bravatas irresponsáveis de quem quer apenas ver o circo pegar fogo.

É GRAVE A CRISE NA POLÍCIA FEDERAL

- por Bob Fernandes

Os intestinos do Brasil.

É grave a crise.

Sede da Agência Brasileira de Inteligência, Abin, no Setor Policial Sul, em Brasília. O apartamento do delegado Protógenes Queiroz já foi vasculhado por agentes da PF, horas antes, na quarta-feira 5. Na Abin, constrangimento e estranheza diante da ostensiva viatura da Polícia Federal, de onde descem agentes. Constrangimento porque ali estão reunidos, e são testemunhas da ação, diretores, chefes e oficiais de órgãos de Inteligência de Portugal, Angola, Moçambique..., de 9 países de língua portuguesa.

Um dos convidados da Abin, e do governo brasileiro, chega a indagar:

- Mas o que é isso, o que está acontecendo?

Próximo à Rodoviária Novo Rio, Rio de Janeiro, a mesma cena. Agentes da PF apreendem computadores e documentos, e o mesmo fazem na sede da Abin em São Paulo.

O alvo da Polícia Federal de Luiz Fernando Corrêa parece ser o delegado Protógenes, mas não é. Melhor, Queiroz é alvo secundário. O alvo prioritário é o diretor afastado da Abin, Paulo Lacerda.

A propósito: foi prorrogado ontem, quinta-feira 6, o afastamento de Paulo Lacerda.

Não é obra do acaso o ímpeto contra Lacerda do hoje deputado do PMDB Marcelo Itagiba (RJ).

Delegado da PF, ex-Chefe de Inteligência quando Vicente Chelloti mandava na corporação, contraparente do psdbista Andrea Matarazzo e ex-funcionário de José Serra no ministério da Saúde - cuidando de "Inteligência" -, Itagiba está à caça de Paulo Lacerda. Em entrevista à revista Veja, Itagiba já adiantou que pretende "indiciar" Paulo Lacerda na CPI dos Grampos.

A conclusão é elementar, como diria Sherlock a Watson: Paulo Lacerda é o homem a ser tirado do caminho. A qualquer custo.

(É possível supor que o Brasil viverá um grande e eletrizante momento no dia em que ficar claro o porquê de Paulo Lacerda ser o grande alvo.)

Quem acompanhou Terra Magazine nos idos de julho conhece alguns do detalhes da batalha fratricida vivida pela PF antes e durante a operação Satiagraha. A batalha segue em curso, Daniel Dantas lá ao fundo, como mais cedo ou tarde se provará.

Não foram outros os motivos - as seguidas ameaças de implosão da operação - que levaram o delegado Protógenes a buscar ajuda na Abin de Lacerda.

Ajuda, até prova em contrário, legal e constitucional como cansou de demonstrar o ministro-chefe do Gabinete Institucional, general Jorge Félix, nos depoimentos à CPI dos Grampos.

O general, registre-se, seguirá a pregar no deserto, uma vez que nesse caso, mais do que nunca, a mídia tem lado. Para ser mais exato, tem lados. Assim como Terra Magazine tem, e o exibe com fatos, fatos e mais fatos, nomes, endereços, documentos e provas, desde o início da manhã de 8 de julho.

Quanto a Paulo Lacerda, ainda um outro registro. Seu afastamento da direção da Abin foi prorrogado nesta quinta-feira, 6. O delegado e ex-diretor da PF foi afastado, vale lembrar, para que se apurasse o suposto grampo contra Gilmar Mendes. O grampo, como se sabe, até hoje ninguém sabe, ninguém ouviu.

Mendes, o sempre tão loquaz presidente do Supremo, seguramente terá algo a dizer nessa sexta-feira 7 sobre a quebra de sigilo telefônico sem autorização judicial feita pela PF de Corrêa contra jornalistas - tema de manchete e reportagem assinada por Rubens Valente na edição dessa sexta da Folha de S.Paulo: "Sem ordem judicial, PF quebra sigilo telefônico".

Nessa tarde de registros, ainda outro também muito importante: o inquérito da Polícia Federal sobre vazamentos foi instaurado para investigar não o delegado Protógenes, mas a cúpula da própria PF que, segundo o delegado, teria vazado a informação sobre a Satiagraha para a Folha de S.Paulo quase dois meses antes; matéria publicada num sábado, 26 de abril. Aliás, a própria Folha de S.Paulo lembra em outra reportagem dessa sexta, assinada por Felipe Seligman: "No dia da operação, já tramitava no STF habeas corpus preventivo protocolado pela defesa do banqueiro por conseqüência de reportagem publicada na Folha, em abril, revelando que havia uma investigação em curso na PF contra os executivos do Opportunity".

É grave a crise. Muito mais do que aparenta ser. Menos pelo que está exposto, muito mais pelo que ainda está por vir.

Fonte: Terra Magazine

4 comentários:

hudson luiz disse...

Ingênuo, puro, sem malícia... é esse o papel que você está fazendo meu caro Lux. Vivamos todos nós no seu Mundo do Faz-de-conta... vamos brincar com Papai Noel, correr e cantar com a Chapeuzinho Vermelho pelo bosque, fugir no redemoinho junto com o Saci Pererê e celebrar o glorioso governo socialista, social-democrata, social-liberal, ou o raio que for, de Luiz Inácio, José Dirceu, José Mentor e seus aliados. Aliados bolcheviques do PP malufista, ou do PMDB de Gedel, da IURD, ou então o Paulinho da Força Sindical. Esse é o governo pelo qual sonhamos e lutamos por décadas a fio para chegar ao poder. Viva também ao companheiro Nelson Jobim e ao Carlos Alberto Direito (esse foi Lula quem nomeou pro STF, não foi?). Ah... quanta inveja!!! Como deve ser bom viver no Mundo do Faz-de-conta , na Terra do Nunca ou Parárgada.

André Lux disse...

Pelo contrário, sr. Luiz. Sou é pragmático, realista, pé-no-chão. Essas suas bravatas utópicas e ironias acéfalas é que são ingênuas e tolas, meu caro. Não te manteriam no poder nem como síndico de um prédio de 16 apartamentos... (e falo por experiência própria).

Apoiar a esquerda enquanto ela é só pedra é muito cômodo, fácil. Difícil, incômodo é apoiá-la quando vira vidraça. É em horas como essa que vemos quem realmente têm "chulhões" e quem realmente apenas gosta de brincar de "revoltadinho" quando não precisa botar a cara para bater.

Sobre as nomeações, tenho orgulho de ter um Presidente que as realiza com base em méritos de carreira e não por acomodação política, como faziam os seus antecessores. Para o bem e para o mal.

Stella disse...

Os net-radicais, cyber-revolucionários fazem o jogo da direita e quem é prático e racional vira "ingênuo"? Ah tá!! Continue assim André! Todos os comentários seus que vi em outros blogs e todos os seus textos aqui são coerentes, seguem a mesma linha, não flutuam ao sabor do vento; os blogueiros/comentaristas ultimamente acho que estão sobre influência das oscilações da bolsa de valores perante a crise mundial; um sobe e desce nauseante! Haja saco!! Abrs!!

João Sérgio disse...

Peço que divulgue o flash mob pela liberdade na internet. Sexta-feira, às 18 horas na Paulista, em frente à Casper(em SP), e em frente à Câmara Municipal(no RJ). Mais detalhes http://www.shorttext.com/0hliq33

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...