Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

BALANÇO DAS URNAS PT e PMDB crescem. PSDB e DEM diminuem de tamanho

Principais partidos da base do governo Lula têm expressiva vitória no país. PT foi o partido que mais elegeu prefeitos nas 79 maiores cidades e, dependendo dos resultados do segundo turno, pode ser sigla com maior número de eleitores do país. No lado da oposição, PSDB perdeu 87 prefeituras e DEM perdeu 295 municípios.

Redação - Carta Maior

SÃO PAULO - Os números das eleições municipais deste domingo mostram que o PT e o PMDB foram os partidos que mais cresceram no país. Já no lado da oposição ao governo Lula, o PSDB e o DEM diminuíram expressivamente de tamanho. O PMDB foi o partido que mais elegeu prefeitos no país (1.200 contra 1.054 em 2004). Já o PT elegeu 546 (contra 413 em 2004, um crescimento de 133 prefeituras). Nessa estatística não estão computadas as cidades que terá segundo turno.

No campo da oposição ao governo federal, o PSDB perdeu 87 prefeituras (venceu em 784 cidades, contra 871 em 2004) e o DEM teve uma redução ainda mais expressiva, perdendo 295 municípios (497 contra 792 em 2004).

No país, o PT foi o partido que mais elegeu prefeitos nas 79 maiores cidades. Foram 13 vitórias no primeiro turno e em outras 15 cidades o partido está disputando o segundo turno, podendo chegar a um máximo de 28. Em segundo lugar, vem PMDB e PSDB com 9 vitórias no primeiro turno e 11 disputas no segundo.

Eleitores de 11 capitais do país voltarão às urnas no próximo dia 26 de outubro, no segundo turno das eleições municipais, para escolher os prefeitos de suas cidades.

Segundo os dados consolidados do Tribunal Superior Eleitoral haverá segundo turno nas seguintes capitais: São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Porto Alegre (RS), Florianópolis (SC), Salvador (BA), Cuiabá (MT), Belém (PA), São Luís (MA), Manaus (AM) e Macapá (AP)

Em São Paulo, disputam o segundo turno os candidatos do DEM, Gilberto Kassab, e do PT, Marta Suplicy; no Rio de Janeiro, Eduardo Paes, do PMDB, e Fernando Gabeira, do PV; em Belo Horizonte, Leonardo Quintão, do PMDB, e Márcio Lacerda, do PSDB; em Porto Alegre, José Fogaça, do PMDB, e Maria do Rosário, do PT; na cidade de Florianópolis, Dário, do PMDB, e Esperidião Amin, do PP; em Salvador, João Henrique, do PMDB, e Walter Pinheiro, do PT; em Cuiabá, Wilson Santos, do PSDB, e Mauro Mendes, do PR; em Belém, Duciomar Costa, do PTB, e o segundo colocado ainda indefinido; em São Luís, João Castelo, do PSDB, e Flávio Dino, do PC do B; em Manaus, Amazonino Mendes, do PTB, e Serafim Corrêa, do PSB; e na capital Macapá, Camilo Capeberibe, do PSB, e Roberto Góes, do PDT.

2 comentários:

Carlinhos Medeiros disse...

Perdemos, companheiro. Em Icapuí, em Aracati e Itaiçaba. Três municípios onde o PT concorria. Nosso povo é subserviente, ainda não aprendeu a votar. Em Icapuí os Cirilos tomarão conta da prefeitura. Temos um traidor dentro do PT, o deputado federal José Airton Cirilo.

A luta continua!

André Lux disse...

Aqui em Jundiaí perdemos também. A máfia tucana que comanda a prefeitura há 20 anos ganhou mais uma. Por míseros 0,58 não vamos para o segundo turno. Cheira a marmelada, como sempre.

Mas, a vida continua. E a luta também!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...