Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

domingo, 7 de setembro de 2008

Quando a direita atira no próprio pé: Jornalistas "petistas" que nos enchem de orgulho!

Nunca dei muita bola para jornalistas como Luis Nassif, Paulo Henrique Amorim ou Luiz Carlos Azenha, pois todos de uma forma ou outra construiram suas carreiras na mídia corporativa, sem jamais tentarem denunciar as manipulações e mentiras publicadas por ela, embora nunca tenha testemunhado eles cometendo crimes contra a prática do bom jornalismo. No máximo, faziam seus trabalhos corretamente e fechavam os olhos para a lama que os cercavam.

Mas, passei a admirar a coragem de enfrentar os grandes monopólios de comunicação e seus "assassinos de reputações", pelos quais são perseguidos desde o momento que passaram a denunciá-los. Não sei exatamente o que os levou a isso, se foi um "abrir de olhos" mesmo que tardio (eu, mais do que ninguém, sei o que é viver na ilusão e na alienação) ou se foi algo puramente pessoal (como parece ser o caso de Amorim, vítima de espionagem e calúnias encomendadas por Daniel Dantas e sua gangue).

O que quero comentar são as acusações feitas por direitistas e seus papagaios amestrados de que tais Jornalistas são todos petistas, pois isso não passa de uma enorme besteira que demonstra a falta de preparo e a paranóia da turma da direita, que enxerga um militante do PT em qualquer um que ouse criticar suas "verdades absolutas". O fato é que aqueles que proferem tais acusações estão somente julgando os outros a partir de suas próprias realidades. Afinal, nunca conheci alguém que viva sob os dogmas da direita que se preste a defender sua ideologia ou alguma pessoa ligada a ela sem ser pago para isso. A ideologia deles é a GRANA e, portanto, nada mais lógico que vivam única e exclusivamente para ela.

Por isso, quando testemunham alguém a defender a ideologia de esquerda chegam à imediata conclusão que tal pessoa só está fazendo isso porque também é paga para tanto. O ser humano normalmente usa a própria régua moral para medir os outros, não é mesmo? Ou seja, "se eu só escrevo para defender algum político ou instituição porque eles me pagam, então todos são iguais a mim".

Daí as "acusações" de que pessoas como Mino Carta, Nassif, Azenha, Renato Rovai, PH Amorim e tantos outros são pagos pelo PT (ou por alguma outra organização de esquerda).


Mas uma coisa posso dizer: eu, que sou petista assumido (embora não receba qualquer tipo de ajuda do partido ou de seus políticos para escrever o que penso), sinto-me extremamente lisonjeado que Jornalistas como os acima citados (todos com J maiúsculo) sejam identificados pela direita e seus papagaios como sendo "petistas". Isso é um excelente sinal de que a ideologia que norteia minha vida está no caminho certo.

Se você não concorda comigo ou não entendeu meu raciocínio, então inverta o jogo. Já pensou se jornalistas (e pseudo-jornalistas) sem qualquer ética como Django Mainardi, Arnaldo Jabor, Eliane Cantanhede, Miriam Leitão, Noblat, Alexandre Garcia, Clóvis Rossi ou Reinaldo Azevedo é que fossem "acusados" de petismo?


Aí sim nós teríamos motivos para ficar preocupados, não?

7 comentários:

Jurandir Paulo disse...

André,

Aqui no Rio temos chances de derrotar as forças mais atrasadas do estado e eleger uma candidatura progressista. Fiz este video, com humor, para ajudar a combater o candidato do PMDB, hoje liderando as pesquisas. Gostaria do seu apoio.

http://www.youtube.com/watch?v=nIxN7zolQRQ


Um forte abraço.

Jurandir Paulo

Adriano Senkevics disse...

Oi André,

Dos colunistas que você mostrou, eu conheço alguns. Conheço o Nassif e seu Dossiê Veja. Eu gosto do Nassif, embora fiquei decepcionado com a entrevista que ele concebeu à Caros Amigos, porque o que ele falou não foi muito além de que a Veja é um revista de mercado, o que já não é nenhuma novidade ao jornalismo rasteiro que a Abril produz.

Conheço o PH Amorim, mas dele eu não gosto. Tem outros colunistas da Caros Amigos, alguns eu gosto, outros não.

Dos outros que você criticou. Eu não só concordo, como complemento, no caso do Diogo Mainardi e do Reinaldo Azevedo, dois pelo qual conserva certo repúdio profissional, pelas suas opiniões extremistas e ultraconservadoras.

Quanto à Eliana Cantanhede, o que conheço dela não passa uma imagem tão ruim, embora nada positivo também. A Miriam Leitão já falou diversas coisas que vão contra à maioria que trabalha com ela, por exemplo, ela falou sobre vários aspectos positivos de Cuba, coisa não muito comum no meio dela. Mas não conheço tanto pra falar, nem do Garcia, do Rossi e do Noblat.

O Arnaldo Jabor eu adoro por um lado, mas não por outro. Não gosto das opiniões políticas dele atualmente, está conservador demais. No entanto, ele escreve muito bem, e adoro as crônicas dele, que possuem um estilo elegante de escrita muito raro. Gosto mais pelo jeito que ele argumenta do que do que ele fala em si.

Abraços

Ricardo Melo disse...

Fala André.
É isso mesmo, mesmo que o Paco ataque o governo Lula, ele é "petista". HAHAHAHA.

Você tem razão, enquanto eles chamaren os verdadeiros profissionais de "petistas" nós só temos a agradecer pela "propaganda".

Abraço.

Sergio disse...

André, acho que deverias ter mais cuidado ao separar jornalistas entre éticos e não-éticos apenas pelo prisma de quem, do teu ponto de vista, está mais ou menos próximo do PT. Concordo plenamente que alguns jornlistas que você elencou são realmente conservadores, mas colocar o Clóvis Rossi e o Noblat no mesmo saco é lamentável.
Além disso, o PT já deixou de ser paradigma de esquerda há muito tempo, e - pelo que leio - o Clóvis Rossi geralmente faz críticas pela esquerda ao PT, o que é muito diferente das críticas da direita.
Aliás, para chamar a tua atenção sobre os rótulos, lembro que na década de 80 o pessoal do PCdoB chamava os petistas de "malufistas" porque o PT não queria apoiar o Tancredo no Colégio Eleitoral. Ou seja, para a claque stalinista do PCdoB, ser de esquerda era sinônimo de direita. Não caia no mesmo erro agora ao rotular alguns jornalistas.

André Lux disse...

Realmente, Sérgio, o Clóvis Rossi é tão "de esquerda" que a esposa dele é presidenta (ou ex-presidenta) do PSDB Mulher - seja lá o que isso for.

E o PT tanto não é mais paradigma para as esquerdas que a diretona está dando nó em pingo d'água para tentar detonar o partido desde que Lula chegou ao poder...

Por sinal, quem é paradigma da esquerda atualmente? A histérica fundamentalista da Heloísa Helena? O Roberto "Quinta-Coluna" Freire? Ou algum outro partido que não tem chance alguma de chegar ao poder, tipo PSTU?

marcos disse...

Muito bom, André.

Luiz.Monteiro4 disse...

Eu acho que o Paulo Henrique Amorim está fazendo um trabalho maravilhoso e corajoso em seu blog. Jabor, Mainardi, Cantanhede, Leitão, Noblat, Garcia, Merval (ou merdal) e Azevedo deveriam ser expulsa do jornalismo. Eles são porta-vozes da direita, que não quer distribuir renda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...