Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

quinta-feira, 29 de maio de 2008

PIG com Credibilidade? Só quando sairem do armário...

.
A leitora Cristina Castro levantou uma interessante questão sobre “credibilidade”. Afinal de contas o que é isso?

Como tudo na vida, cada um vai dizer uma coisa. E ninguém vai convencer o outro de que a sua verdade é a melhor.

Na minha modesta opinião, só tem credibilidade (no caso do jornalismo) aquele órgão de imprensa ou os jornalistas que assumem claramente quais são as suas posições político-ideológicas, seus valores e suas convicções.

Paulo Henrique Amorim, Mino Carta e Renato Rovai têm credibilidade. Assim como as revistas CartaCapital, Fórum e Caros Amigos. Isso quer dizer que eu sempre concordo com tudo que eles afirmam ou publicam em suas páginas ou que eles nunca erram ou falham? Claro que não.

Por que a mídia corporativa, cujos representantes maiores hoje são Globo, Veja, Folha, Estadão, etc, não tem, na minha visão, credibilidade? Simples: porque se vendem como isentos, imparciais e “de rabo preso com o leitor”, quando na verdade defendem interesses obscuros e têm agendas secretas.

Isso quer dizer que acho que devem ser censurados ou que gostaria que publicassem apenas aquilo que se alinhe ao que eu acredito? Obviamente que não. Gostaria sim que falissem, ou seja, que seus leitores simplesmente parassem de dar seu dinheiro suado a eles até que fossem obrigados a fecharem as portas por falta de anunciantes – que são, na verdade, quem os sustentam (ou você acreditou mesmo que o rabo deles está preso com o leitor?).

Todos esses representantes da mídia corporativa ganhariam credibilidade se simplesmente assumissem em publico e de maneira clara o que move os interesses de seus donos. Ponto. Não precisariam mudar em nada seu conteúdo.

Abaixo alguns exemplos de como seriam os novos slogans do PIG, caso tivessem coragem de “sair do armário”:

FOLHA DE S.PAULO
“Um jornal a serviço dos que tem grana – como vocês acham que vamos comprar um uma mansão nova e trocar de iate se todos tiverem os mesmos direitos e oportunidades?”


ESTADÃO
“Bom mesmo era na época da escravatura e das capitanias hereditárias. Democracia e justiça social são coisas de homossexual e baderneiro. Pau neles!!

VEJA
“Viva os Estados Unidos da América! Abaixo os sul-americanos, africanos, palestinos e asiáticos pobres, sujos e feios! Heil Hitler!”


ISTO É
“Publicamos matérias contra ou a favor. Dirija-se ao nosso setor comercial”


Rede Globo
“Exibimos Xuxa, Big Brother, novelas e o Jornal Nacional para que os Marinho e seus amigos do peito possam ficar cada vez mais podres de ricos às custas do resto dessa corja imunda e ignara que infesta o mundo”

Mais fácil o Adolf Hitler ressuscitar e se converter ao socialismo do que os barões da mídia corporativa e seus sabujos amestrados assumirem suas convicções e ideologias claramente em público... É ou não é?
.

16 comentários:

Ary disse...

Nunca assumirão suas preferencias políticas porque não assumir é uma estratégia para vender jornais,revistas ou angariar audiencia em televisão.Essa estratégia sempre deu certo nos tempos obscuros,porem com a chegada da internet,muita coisa mudou.Note-se,que a internet é um veículo democrático,e a queda do PIG se dá na proporção que em que ela avança.Mas mesmo sabendo que estão em rota de colisão(e como gostam de colisão),eles não mudarão.E porque não mudam?Porque não sabem de outra forma.É como a velha historinha do sapo dentro de um balde de agua quente:"Coloque um sapo dentro de um balde de agua fervendo e,no mesmo momento,numa reação,ele saltará para fora,na velocidade de um raio.Agora coloque um sapo dentro de um balde de agua fria e comece a aquecer a agua,lentamente.O que acontecerá? O sapo morrerá cozido,mas não conseguirá reunir forças para pular para fora.E porque isso acontece? Porque ele se acostumou a viver num ambiente agrdável e,quando precisou de uma reação,já não sabia mais como fazê-lo.Talvez isso explica o desaparecimento de grandes impérios e grnades corporações em torno do mundo.E explica esse suicídio generalizado de grande parte da imprensa.

Patrick disse...

É curioso como a charge, apesar de tratar da realidade brasileira, resume bem o espírito de uma das crônicas de Naomi Klein presentes no livro "Cercas e Janelas". Reproduzo aqui o trecho em questão, referente ao período em que ela trabalhou num jornal: "Na primeira noite em que era minha vez de ficar até tarde, um tornado em um estado do Sul dos EUA matou três pessoas, e o editor sênior decidiu refazer a primeira página. Em minha segunda noite, li no telégrafo que 114 pessoas haviam sido mortas no Afeganistão, e assim eu zelosamente fiz sinal ao editor sênior. Lembrem-se de que eu era jovem, e parecia para mim que se três pessoas garantiam a reelaboração da primeira página, então 114 pessoas certamente seriam classificadas como um importante evento a ser noticiado. Jamais me esqueci do que o editor me disse. 'Não se preocupe', disse ele, 'essa gente se mata o tempo todo'." Pág. 218.

ricardo disse...

André, vc não acha que está exagerando um pouco?tudo bem que a grande midia não é lá essas coisas, mas dai vc dizer que são todos grandes vilões, e que a grande massa da população é um bando de coitadinhos que estão sendo manipulados é muito exagero da sua parte, cada tem capacidade suficiente de ler uma noticia, e julgar o que é certo ou errado.

André Lux disse...

A população não é formada por um bando de coitadinhos. Eu nunca disse isso. Até porque, como as duas vitórias de Lula demonstraram, o poder de manipulação da mídia corporativa golpista diminui a cada. Hoje em dia, apenas uma parcela da classe média hidrófoba ainda se deixa guiar pelos "vomitadores de opinião" do PIG.

Existem, é claro, jornalistas e colunistas decentes no PIG. Porém, tudo tem limite. E esse limite quem traça são os chefes de redação e editores, sempre seguindo os desejos dos barões da mídia que vendem notícias e análises para ter lucro e, claro, manter seus privilégios intactos.

carlos disse...

Andre, por que vc se refere a grande midia com golpista?uma acusação como essa é muito grave, em pais democratico a imprenssa tem o dever de informar a população, mesmo que isso desagrade a algumas pessoas, a imprenssa não pode levar para o lado partidario.

Anônimo disse...

Carlos, se o bicho anda como um gato, corre como um gato, é filhote de uma gata e faz miau, por que deveriamos chamá-lo de cachorro e não de gato? Quem está copiando ao pé da letra os mesmos editoriais e adotando a mesma prática jornalística de 1964 é justamente a "grande mídia".

Ary disse...

Carlos,vc disse que a imprensa não pode levar para o lado partidário.Mas é claro que não pode.O problema é que ela leva.Entendeu?

carlos disse...

Claro que leva Ary, infelizmente ela leva, mas vc não pode esconder que também existe a midia petista, aquela que só mostra o lado bom do governo e esconde suas mazelas, vc por caso acha isso certo?Eu sou a favor de uma midia imparcial, nem a favor, nem contra o governo. acontece muitas pessoas que detonam a folha, a veja e outros grandes jornalões, fingem que não existem essa midia que protege o governo, entedeu?

André Lux disse...

O ser humano é parcial até para colocar uma vírgula no papel. Esse negócio de imparcialidade é um mito que a imprensa corporativa inventou para fingir que não tem ideologia e partidarismo.

A diferença entre a mídia de direita e a de esquerda é só uma: a primeira finge que é imparcial e isenta enquanto manipula as notícias e vende opiniões como se fossem verdades únicas, enquanto a segunda assume suas posições ideológicas claramente em editoriais.

Quem não consegue enxergar isso ou é ingênuo ou então mal intencionado mesmo...

Ary disse...

Carlos,eu não acho certo que exista mídia petista.Mas aí é preciso ver quem veio primeiro.Esta claro,desde o tempo ditatoriais que a imprensa toda é direitista.Graças a ela que o país tomou o rumo que tomou,e somos hoje o que somos:subdesenvolvidos.
Eu sou contra que haja imprensa direitista ou esquerdista.Mas já que existe a direitista e ela não abre mão de o ser,então que haja a esquerdista para contrabalançar.
Acha que estou errado? Pergunte para qq imprensa direitista o motivo pelo qual houve a ditadura.Dirão sem pestanejar que foi para combater outra ditadura.Isso é certo?

carlos disse...

Vc está novamente equivocado andré, vc está querendo dizer que só porque um jornal ou uma revista é petista, ela tem que esconder as mazelas e crimes cometidos pelos petistas?se vc está querendo dizer isso, então não pode ter moral para detonar a folha ou a veja.

André Lux disse...

Ridículo esse seu comentário carlos. Se você ao menos lesse a mídia assumidamente de esquerda saberia que todas elas mostram sim "mazelas petistas" ou de outros governos de esquerda. A CartaCapital, por exemplo, já dedicou capas falando mal do PT. A Fórum publicou uma entrevista, no mês passado, onde o PHAmorim mete o pau no PT e diz que uma ala do partido foi "comprada pelo Daniel Dantas".

Você é igual a todos os papagaios da direita: fala mal de algo que nem conhece só porque "ouviu dizer" que é assim... Já fui igual a você. É patético.

Patrick disse...

De fato, o Carlos fala da mídia "de esquerda", mas dá mostras de que não a lê e sua opinião é de "ouvi falar que". Só para exemplificar, há pouca gente na mídia que critique com mais pertinência José Dirceu do que Paulo Henrique Amorim.

André Lux disse...

Eu conheci um sujeito que era anti-petista de carteirinha e sabia tudo sobre a vida lendo Época, Veja e vendo o Jornal do Simpsom. Ele vivia metendo o pau na imprensa de esquerda, proferindo mil acusações contra ela sem nunca ter lido uma página sequer.

Um dia, peguei uma edição da CartaCapital e pedi para ele ler um editorial do Mino Carta. O sujeito leu e, no final, falou: "Caramba, não entendi nada!".

Precisa dizer mais?

carlos disse...

André eu não estou falando de 'falar mau' de José Dirceu, isso não prova nada, eu quero ver a midia petista, falar dos 'negocios secretos' do filho do presidente. Um exemplo que a midia petista age com a mesma cara de pau que a midia tucana, foi quando alguns sites esquerdistas comemoraram a absorlvição de Renam Calheiros, simplesmente porque ele estava apoiando o Governo Lula.O que vc acha disso André e Ary?

André Lux disse...

Esse é o seu problema "carlos". Você confunde jornalismo sério e investigativo com "falar mal". Isso é que dá ficar lendo Veja e vendo o jornal do Homer Simpson.

Quem denuncia algo, tem que mostrar provas. Caso contrário, vira apenas mais um clone de Djando Mainardi, seu guru.

Mas se você ao menos lesse a CartaCapital saberia disso...

Sobre Renan Calheiros, trata-se daquele sujeito que foi MINISTRO DA JUSTIÇA do governo FHC? Pois é... Ele virou corrupto só agora, quando passou a apoiar o Lula (como fizeram todos os políticos que vivem "em cima do muro"). Antes ele era a virgem maria do Distrito Federal.

E não vi nenhum petista comemorando a absolvição do Calheiros. Vi apenas gente comemorando o furo de mais uma tentativa do PIG de golpear o governo Lula por meio do linchamento público de seus alidos políticos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...