Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

Colunistas-Pitbulls em desespero: QUANDO FICA DIFÍCIL MENTIR

.
No panfleto neoliberal chamado de "Folha de S. Paulo" de hoje dois de seus colunistas-pitbulls vomitaram sua bilis venenosa contra os blogs e as revistas virtuais independentes e assumidamente de esquerda, apelando inclusive para ataques e ofensas baixas.

Isso prova duas coisas:

1) A dita "grande" mídia corporativa, que visa o lucro acima de tudo e de todos, está cada vez mais aturdida com a disseminação das "outras verdades", que eles fazem das tripas coração para esconder, e com a conseqüente perda de credibilidade e de leitores que isso gera;

2) Os colunistas-pitbulls, que se prostituem a serviço da patrulha ideológica da direita golpista, estão cada vez mais desesperados pois percebem que não conseguem mais "formar as opiniões" da população em geral - excluindo aí, é claro, os hidrófobos da classe média alienada, cuja manipulação das mentes já adestradas há muito tempo não vai gerar orgulho nem caixa para eles.


O excelente texto do jornalista Laerte Braga, abaixo, escancara de forma magistral esse fato. Fico feliz de fazer parte dessa verdadeira "guerrilha virtual" que tem tirado o sono dos canalhas que comandam a imprensa golpista mundial.


QUANDO MENTIR FICA MAIS DIFÍCIL

A comunicação pela internet via blogs, revistas e jornais eletrônicos, listas de discussões, simples mails, começa a desmontar toda essa impunidade da grande mídia ou esse terreno fértil para manipular a opinião pública através de mentiras repetidas à exaustão até se transformarem em “verdade”, alternativa única diante dos interesses que representam.

- por Laerte Braga (http://www.osamigosdopresidentelula.blogspot.com/)

A jornalista Eliane Catanhede (o marido foi marqueteiro da campanha de Geraldo Alckimin) foi pega no contrapé da mentira pelos baianos quando inventou uma epidemia de febre amarela no Estado e agora, resvalou na raiva ao perceber o poder da comunicação via internet, blogs, revistas eletrônicas, jornais, na sua cruzada José Serra em 2010 a qualquer preço.

A jornalista, aparentemente, numa de suas colunas no jornal FOLHA DE SÃO PAULO, principal porta-voz do governador José Serra, dá a entender que petistas e tucanos ficariam perplexos se tomassem conhecimento das conversas entre os filhos de Lula, José Serra e dos elogios de José Dirceu a José Serra.

Fala dos entendimentos do prefeito Fernando Pimentel (Belo Horizonte) com o governador Aécio Neves (faz turismo em Minas, mora no Rio) em torno de candidatura única nas eleições municipais na capital este ano e vai por aí afora até desancar blogs petistas ou informações que contradizem seus escritos.

Há alguns aspectos importantes no que a colunista escreve. O primeiro deles é que a aparente indignação com erros tucanos e petistas é só aparente, reflete a raiva e a ira do descuido tucano de deixar rabos para todos os lados e não conseguir alcançar seus objetivos, como no caso do mensalão. Estavam prontos para pregar Lula na cruz e apareceu o irresponsável Eduardo Azeredo, senador por Minas, pai político de Marcos Valério (por sua vez testa de ferro de Clésio Andrade). Catanhede cita/lamenta que assim tenha sido.

Agora, no momento cartões corporativos, a senhora em questão diz que tucanos não conseguirão coisa alguma, tudo vai terminar em pizza, pois todos têm os respectivos rabos presos.O ataque aos blogs, revistas eletrônicas reflete, esse outro aspecto importante, a preocupação da chamada grande mídia com a crescente influência desses veículos e a um tal ponto que ameaçam a grande mídia, o que vale dizer inibe a mentira, o partidarismo descarado (caso da FOLHA DE SÃO PAULO).

Sem alternativa o jornal não teve como deixar de noticiar que no governo Serra o desmando de cartões assume proporções de epidemia de corrupção. Isso desagrada profundamente aos que controlam a FOLHA DE SÃO PAULO. Não há como esconder um fato com essa dimensão.

O jornalista Fernando de Barros e Silva, do mesmo grupo, segue na mesma linha.

Catanhede se refere ao blog AMIGOS DO PRESIDENTE LULA como “petistas e tucanos de internet, essas novas categorias do cenário político, irresponsáveis e agressivas ..."Fernando Barros de Lima fala “em termos de degradação moral e miséria intelectual, nada supera hoje certos blogs politicamente aparelhados ...”

Não é bem assim não. Só um exercício de raiva e frustração ao perceberem ambos e outros também, que aos poucos blogs e revistas eletrônicas, jornais na net, vão acabando com o monopólio da informação dirigida, voltada para os interesses dos grandes grupos que controlam a mídia no Brasil, desde as grandes revistas, os grandes jornais e as principais redes de tevê.

É só lembrar o que aconteceu com o JORNAL NACIONAL quando da queda do avião da TAM. Bonner quase voou em orgasmos múltiplos para dizer que o avião caiu por conta da pressa na inauguração de uma pista no aeroporto de Congonhas, sem as ranhuras devidas, sem os cuidados e zelos necessários, histeria que durou até se descobrir que o avião tinha um defeito no reverso, sofreu uma pane num dos motores (estava em chamas atestou a caixa preta) pouco antes da queda e que o serviço de manutenção da empresa era deficiente.

Aí, o piloto virou o culpado em capa da VEJA.

A comunicação pela internet via blogs, revistas e jornais eletrônicos, listas de discussões, simples mails, começa a desmontar toda essa impunidade da grande mídia ou esse terreno fértil para manipular a opinião pública através de mentiras repetidas à exaustão até se transformarem em “verdade”, alternativa única diante dos interesses que representam.

Isso é lógico, irritou Eliane Catanhede e Fernando Barros de Lima veio em seu socorro tentando, ambos, rotular, a melhor forma de desqualificar qualquer discussão, seja o blog AMIGOS DO PRESIDENTE LULA, sejam outros que cumprem o papel de veicular idéias que a grande mídia não abriga, pois não são idéias que chegam depois de cheques das agências de publicidade dos donos do País.

Nem idéias e nem informações. Onde já se viu uma das matronas da imprensa escrita no Brasil ser contestada por um blog depois de falar/escrever uma asneira sobre a febre amarela na Bahia com interesses claros noutras direções?

Existe ainda outro dado importante. A circulação de jornais e revistas impressos cai de forma constante enquanto sobe a presença de veículos de comunicação na “net”. Como é que vão ficar as famílias quando um site como o UOL, da FOLHA DE SÃO PAULO, com parceria com a VEJA, tem o mesmo peso ou até menor que blogs e sites independentes?

O problema não é nem de “categorias irresponsáveis ou agressivas” como diz Catanhede e nem de “degradação moral e intelectual... de blogs politicamente aparelhados” no dizer de Fernando Barros de Lima.

É de independência e preocupação com os fatos. Nenhuma submissão a interesses de grupos econômicos, ou a agências de publicidade, ou a partidos políticos (braços, caso dos tucanos e democratas) de interesses dos donos.

Como é possível, na cabeça dessa gente, acostumada a mandar e desmandar na informação, controlar o que pode ou não pode, omitir, mentir, ser contestada por blogs? O palco para essa turma é vital, representa poder, representa faturamento, representa aplausos (adoram ser incensados).

O compromisso dos blogs, da comunicação independente via internet, é exatamente falar o que “catanhedes” não falam e na omissão enganam. Ou desmentir o que “fernandos barros” inventam e na invenção lucram.

As reações revelam a importância da comunicação independente, revelam que livre circulação de idéias é fundamental para o que chamam de “democracia” e mostram que autoritários e prepotentes, querem continuar senhores da “verdade”, mas da que representam e à qual servem.

Eu fico a imaginar se durante a campanha das diretas já tivéssemos a internet. Como ia ficar a GLOBO desconhecendo comícios gigantescos pelo País pelas diretas? Deputados e senadores que votaram contra?

Hoje há um medo específico de deputados e senadores, já que falei neles, das reações advindas de blogs e outras formas de comunicação na net. Sai lá a cara do dito que votou contra ou a favor e depois quer fazer média. Ao contrário da FOLHA DE SÃO PAULO que circula nas classes média e alta de São Paulo e de alguns estados brasileiros, os blogs e a comunicação via net chegam ao município, à casa do cidadão. E cada vez mais.

Lembram-se como os norte-americanos tomaram conhecimento da morte de milhares de soldados na guerra do Iraque? Uma foto divulgada na net da chegada dos corpos em caixões lacrados e em base secreta. A grande mídia dos EUA nem tocava no assunto. Quando um pai que perdeu seu filho na aventura das empresas de petróleo e de armas naquele país resolveu colocar a boca no trombone, os grandes não tiveram alternativa.

O pai viu a chegada do corpo do filho numa foto na net, num blog, em sua sala, em sua casa.

Categorias irresponsáveis ou degradação moral, mídia aparelhada, isso é coisa de GLOBO, VEJA, FOLHA DE SÃO PAULO, ÉPOCA, ESTADÃO, ESTADO DE MINAS, RBS.

A net, com toda o volume de informações que despeja, mesmo o lixo tipo pornografia, pedofilia, etc, é, justamente por conta dos blogs, dos jornais e revistas, a perspectiva de romper esse muro da informação única, da verdade absoluta construído pela grande mídia.

Aí, incomodados, desmascarados, os caras chiam.
.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...