Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

quinta-feira, 8 de novembro de 2007

Coleção Caros Amigos: "A Ditadura Militar no Brasil" já nas bancas!

.
Recomendo a todos a coleção "A Ditadura Militar no Brasil" lançada nas bancas nesta semana pela editora Caros Amigos. Serão 12 fascículos quinzenais em quatro cores, 32 páginas por fascículo, 384 páginas no total.

Reproduzo abaixo um trecho da apresentação do trabalho:

"[...] A proposta [...] é mostrar episódios e personagens a partir de nosso ponto de vista. Que difere substancialmente do encontrado em trabalhos semelhantes publicados pelas editoras grandes de revistas e jornais, mesmo porque elas defenderam e defendem a elite econômico-financeira que sempre dominou o poder e que não admite qualquer projeto de reforma institucional que possa ameaçar seus privilégios.

[...] No caso, as editoras grandes apoiaram vigorosamente o golpe de Estado que inaugurou o longo período chamado "anos de chumbo", a ditadura militar que durou 21 anos, de 1964 a 1985."


Também reproduzo abaixo algumas páginas escaneadas do primeiro fascículo que destacam a atuação da mídia grande no apoio ao golpe. Não mudaram nada, por sinal. Reparem como o discurso e a cara de pau é a mesma:

"Salvos da comunização que celeremente se preparava, os brasileiros devem agradecer aos bravos militares que os protegeram de seus inimigos" - O Globo, 2 de abril de 1964

Não deixem de comprar!

(clique na figura para vê-la em tamanho real)

.

4 comentários:

Guillermo disse...

Revoltante ver os comentários da época defendendo o regime. O pior é que muitos continuam por aí defendendo atitudes ditatoriais travestidas de democracia.

Parabéns pelo blog. Sempre com tópicos oportunos e muito bem escritos.

Abraço e DÁ-LHE GRÊMIO!!!

Rodrigo Leme disse...

Esse tipo de coisa me deixa bem satisfeito. Vivemos em um país onde qualquer ponto de vista sobre a ditadura, seja ele completamente à esquerda, completamente à direita ou no meio dos dois possa ser publicado.

Fico mais satisfeito ainda em ver que a caros Amigos deixa claro que o publicado é o ponto de vista dela, ao invés de vender o publicado como verdade factual (apesar que a chamada de capa contrariar o q eles dizem, não há de ser nada).

O período da ditadura no Brasil é um dos que mais me interessa, por ter tantas nuances, e ter diversos pontos de vista à disposição para mim, mesmo não concordando 100% com todos eles, só acrescenta. Parabéns pela iniciativa.

André Lux disse...

Pois é, Rodrigo. As únicas diferenças entre as visões é que a direita e sua mídia chamam o golpe militar de "revolução", a ditadura de "regime" e negam as torturas e as mortes até hoje. A mesma direita que, por exemplo, chama o governo Chávez de "ditadura" e condena a revolução popular cubana que depôs uma ditadura militar.

Como se vê, tirando a verdade factual, o resto é tudo diferença ideológica mesmo...

Rodrigo Leme disse...

Lux, o problema da verdade factual é que cada um a interpreta como quer. Existem verdades inalienáveis, como as q vc citou, e verdade determinadas pelo espectro ideológico. Assim como a direita acreditava estar libertando o Brasil (meu Deus!), alguns dos combatentes de esquerda acreditavam que a saída era não mudar o tipo de governo, mas sim a orientação da direita para a esquerda. E cada um esconde e mostra o q quer.

Por isso q ressaltei a importância de ser honesto com o leitor q apontar que o escrito é um ponto de vista particular. Não peço imprensa imparcial, pq isso não existe; transparência e cara pra bater está bom demais.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...