Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

terça-feira, 24 de outubro de 2006

Debates na TV: Um exercício de sado-masoquismo



Ontem resolvi assistir ao debate entre Lula e o candidato da direita neoliberal, vulgo Geraldo, na TV Record. Foram duas horas de masoquismo explícito. Cada pronunciamento do direitista era como um soco no fígado ou uma facada nas costas - tanto é que minha coluna até travou, tamanha raiva que passei. Não consigo imaginar o que se passa na cabeça de alguém que consegue proferir tantas mentiras, ilações, agressões e distorções como aquelas que o membro do Opus Dei proferiu. Minto, sei sim o que se passa na cabeça de gente assim: tomar o poder para sua máfia de volta a todo custo, mesmo que isso signifique desrespeitar o jogo democrático. Para a direita, a democracia é linda e maravilhosa - desde que eles estejam no poder, caso contrário, não vale nada.

Sem propostas, sem coerência e sem sentido, Alckmin limitou-se a atacar Lula da cintura para baixo, demonstrando novamente desespero e despreparo para um debate democrático. Por sinal, democracia deve ser uma palavra nova no dicionário do tucano-pefelento, pois como bom fascista que é (lembre-se que seu ídolo político é o general torturador Garrastazu Médici), Alckmin não admite o contraditório nem a diferença e a todo momento se dirigia a Lula como se fosse um ser "inferior", membro de uma representação ideológica que precisa ser varrida da existência - parafraseando assim o senador do PFL, herr Bornhausen, que afirmou querer se ver "livre dessa raça por pelo menos 30 anos".

O que dizer então do posicionamento do Opus Dei frente às privatizações? Vendidas aos incautos como a solução de todos os males do Brasil pelos tucanos na era FHC, agora são tratadas como "terrorismo eleitoral" só porque o PT questiona a validade dessa prática. Chega a ser risível o comportamento dos tucanos em relação a essa questão, afinal obviamente perceberam que as privatizações não solucionaram nada e, pelo contrário, aprofundaram ainda mais o abismo social que existe no Brasil - só as contas de telefonia no país aumentaram cerca de 4.000% durante os oito anos de FHC. Isso sem dizer que ninguém sabe, até hoje, onde foi parar o dinheiro das vendas do patrimônio público brasileiro!

Novamente, a veia autoritária e anti-democrática dos tucanos ficou explicitada na maneira como Geraldinho, o monótono, tratava o PT como uma "quadrilha", desrespeitando assim os quase um milhão de filiados do partido e mais um sem número de militantes e simpatizantes, e repetia ad nauseum a mesma coisa o tempo todo, como se estivesse se dirigindo a um bando de Homer Simpsons - o que faz todo o sentido, afinal a direita pensa igualzinho ao William Bonner, que vê no patriarca da família Simpson o espectador padrão do Jornal Nacional.

Lamentável. Deplorável. Um sujeito assim quer ser presidente do Brasil? Alguém desqualificado, deselegante, que fala de ética como se fosse um santo, enquanto é do conhecimento do mundo mineral que ele fez das tripas coração para abafar o pedido de abertura de 69 CPIs durante seu governo em São Paulo - sendo que várias delas foram pedidas por membros do seu próprio partido!

Olha, tiro o chapéu para o presidente Lula, que consegue se manter calmo e tranqüilo o máximo possível numa situação daquelas, onde seu adversário fala como um papagaio asneiras e mentiras deliberadas que pinçou do "pensamento único" disseminado pela mídia corporativa e seus "vomitadores de opinião" - ou será o contrário, é a mídia que pinça essas pérolas dos relatórios da turma do marketing dos tucanos? Difícil saber. É um cão que morde o própria rabo.

A verdade é que assistir a esses debates - que de debates não têm nada - tornou-se um exercício de masoquismo. Deve ser por isso que os sádicos da direita fascista neoliberal se alvoroçam tanto em cima da idéia de promover ainda mais debates. Afinal, é a oportunidade de ouro para que eles possam agredir violentamente nos "países baixos" todos aqueles que não rezam pela mesma cartilha que eles...

Só para quem tem nervos de aço ou estômago de avestruz - o que não é meu caso, confesso.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...