Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

sexta-feira, 14 de julho de 2006

Violência gera violência: Discriminação e truculência do governo tucano contra os pobres



Reproduzo abaixo um comentário que foi postado no site Observatório de Imprensa (mais um daqueles "Vocês fingem que nos criticam e a gente finge que existe liberdade de imprensa"), pois ele diz tudo sobre a atual situação caótica que se instalou em São Paulo, resultado direito da política de segurança pública truculenta e discriminatória da dobradinha PSDB/PFL há 12 anos à frente do governo paulista. Omiti o nome da pessoa para preservar sua privacidade.

"Estive há poucos dias, por algumas horas na polícia militar para obter um BO, devido a um acidente de trânsito. Este acidente me ajudou a entender melhor o país em que vivo. Vou relatar: - A vítima era um ciclista velho e pobre; o CET apareceu e não interrompeu o tráfego na avenida, o pessoal do resgate resmungava dizendo: -“Se fosse gente rica esses “#@&???” teriam interrompido as duas vias”. O190 não me atendia, a PM passou pelo local e não parou. Enfim, eu quis fazer BO e fui à delegacia da polícia civil mais próxima, quase fui presa lá, por estar tentando exigir um documento que esclarecesse que prestei atendimento a vítima, etc.

Liguei para um advogado que pediu que eu fosse a PM num bairro de classe média a alta. Foi o que fiz, não posso dizer que fui bem tratada, mas no tempo que fiquei lá os mais humildes que chegaram eram tratados MUITO mal. Lá chegou um garoto querendo um BO de um acidente no qual ele havia sido vítima, ele sabia o local, a data, mas com certeza não obteve o que queria, pois os PM exigiam que ele soubesse detalhes, placa do carro etc. Como ele poderia saber se foi atropelado e só foi acordar no hospital?

Meu Deus!!
De que Paz estamos falamos? De que violência estamos reclamando? Acho que o Lembo está certo. De que sabemos nós elite branca, sobre violência? E que pacto que a mídia (parte muito importante da elite branca, formadora de opinião) pode promover para resolver o problema da violência? Ficar se dizendo surpresa cinicamnete) com os filmes do MV Bill? Quando a mídia vai realmente ser porta-voz da opinião pública? Vocês acham que atendendo ao pedido da polícia para não denominar o PCC de facção criminosa, a mídia colabora com o combate a violência?Quando a mídia vai abordar o problema das drogas de fato como ele é?

Quando a mídia vai se comportar de forma democrática para que este país tenha chance de diminuir a desigualdade social? Nas academias temos teses e teses sobre violência (causas, conseqüências, combate, experiências mal e bem sucedidas, etc), no Brasil e no mundo todo.; às quais os jornalistas têm livre acesso. A mídia jornalistas) não tem direito ser hipócrita. Mais que os políticos, a mídia usa o problema da violência em benefício próprio. Tenho certeza que existem jornalistas com informações sobre o que realmente está acontecendo em São Paulo, no entanto, o que podemos obter/comprar como “informações” é um amontoado de “baboseiras”. Por favor, me explique o quê, de concreto, você vislumbra que esta tua idéia de pacto pode conseguir? O que temos de mudar é a cabeça do PM que discrima seus irmãos, a cabeça da empregada doméstica que não quer ter direito e sim o sub-emprego. Por que será que a mídia não se preocupa com isto?"

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...