Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

quinta-feira, 6 de julho de 2006

Governo PT: Notícias que não estamos acostumados a ver...

Reproduzo abaixo algumas notícias ótimas, do tipo que a gente nunca leu antes em relação ao Brasil.

E tem gente que ainda não entende por Lula continua liderando as pesquisas de votos, mesmo depois do massacre que seu partido e seu governo vêm sofrendo há mais de um ano da direita, via seu braço midiático...

Agora, pergunte-se: por que esse tipo de notícia não recebe o mesmo destaque dado a outras negativas ou às denúncias contra o PT? Por que não interessam a ninguém? Ou é por que a nossa imprensa tem rabo preso com tudo, menos com seus leitores? Quem acertar a resposta ganha uma foto do Alckmin autografada pelo FHC!

Inflação em São Paulo é a menor dos últimos 12 anos

O município de São Paulo encerrou junho com deflação de 0,31%, acumulando no primeiro semestre do ano variação positiva de 0,1%, melhor desempenho para o período desde o início do Plano Real -implantado em julho de 1994. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (5) pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas da USP).

A deflação foi menor que a projetada pelo coordenador do IPC (Índice de Preços ao Consumidor) da Fipe, Paulo Picchetti, que previa recuo próximo de 0,4%. Já os analistas de mercado, segundo pesquisa semanal realizada pelo Banco Central, projetavam uma retração de 0,17%. A queda média de preços verificada em junho é também a maior para um mês fechado desde maio de 1999, quando a deflação atingiu 0,37%.

Tanto no mês quanto no semestre o destaque de queda em São Paulo ficou com os alimentos. Os preços do grupo Alimentação recuaram, em média, 1,36% em junho e registraram em seis meses retração de 3,72%. Os demais itens que fazem parte da pesquisa da Fipe apontaram as seguintes variações no mês passado: Habitação (0,17%); Transportes (-0,32%); Despesas Pessoais (-0,30%); Saúde (0,06%); Vestuário (0,45%); e Educação (0,04%).

A previsão da Fipe para o ano é de inflação em torno de 4%. Entretanto, com os dados de junho, o coordenador da pesquisa da fundação, Paulo Picchetti, poderá alterar essa projeção. Para o segundo semestre, o economista avalia que os insumos, as matérias-primas e a possibilidade de realinhamento do câmbio deverão pressionar um pouco a inflação. Ainda assim ele prevê que o IPC-Fipe continuará baixo na segunda parte do ano.

Folha Online

Contas de telefone ficam mais baratas, na 1ª redução desde 98

O ministro das Comunicações, Hélio Costa, anunciou nesta quarta-feira (5) que a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) aprovou reajuste negativo para as tarifas da telefonia fixa local, o que significa que as contas ficarão mais baratas. Trata-se da primeira redução linear desde a privatização das teles, em 1998. Os índices são diferentes para cada companhia. A queda será de até 0,5134%, que corresponde à correção das tarifas da Telemar.

As contas da Telefônica terão queda de 0,3759%; da Brasil Telecom, de 0,4222%; da CTBC, 0,4009%; e da Sercomtel, 0,3759%. Os índices terão validade para todos os itens da cesta de serviços: habilitação, assinatura e pulso. Os cartões para uso em telefones públicos também terão redução, de 0,43%. O índice de produtividade, conhecido como Fator X, ficou próximo de zero. As concessionárias chegaram a propor um aumento de 4,5% nas ligações locais, usando um dispositivo contratual (excursor), que permitia o reajuste de um dos itens da cesta, desde que houvesse redução proporcional em outro item. Segundo o ministro, as próprias empresas se convenceram de que não era possível aplicar um aumento de tarifas.

Ele disse ainda que a correção determinada pela Anatel não compromete o equilíbrio econômico-financeiro das companhias. Hélio Costa explicou ter conversado com as empresas sobre o aumento, pedindo a elas que fizessem um esforço para que houvesse um bom resultado para o consumidor, já que esta é a primeira vez que está sendo aplicando o novo índice de correção (Índice de Serviços de Telecomunicações - IST) no lugar do IGP-DI.

Com informações das agências

Notícias como essas e muitos mais você pode encontrar no site O INFORMANTE.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...