Postagem em destaque

SEJA UM PADRINHO DO TUDO EM CIMA!

Ajude este humilde blogueiro a continuar seu trabalho! Sempre militei e falei sobre cinema e outros assuntos sem ganhar absolutamente nada ...

terça-feira, 28 de junho de 2005

Política: "A responsabilidade das esquerdas - parte 2"

O que significa hoje "ser de esquerda"? Pra mim significa defender em público o que há de bom no atual governo, ao invés de ficar achando que está tudo acabado, falido ou que ninguém presta, reforçando assim o que já há de negativo (para isso temos a imprensa marrom trabalhando diariamente).

Que o PT tem problemas e tem gente louca e arrogante, que o governo tem falhado em várias áreas e aspectos, que o ser humano é corruptível e que alguns vão sucumbir à desonestidade, é mais do que óbvio. Ou será que votamos mesmo no PT por acharmos que são todos santos, incorruptíveis e infalíveis? Bom, eu não votei. Isso eu posso garantir. Se eu achasse isso, sinceramente, melhor seria procurar ajuda psquiátrica...

Em minha modesta opinião, penso que quem é de esquerda e/ou petista tem o dever de defender as conquistas do governo em público. Por que? Para que aqueles que votaram em Lula sem muita convicção e acreditam no que lêem na mídia corporativa (a grande maioria, infelizmente) não sejam manipulados tão facilmente. Afinal, se todos estão marretando o PT, inclusive nós, da esquerda, não adianta reclamar depois que o novo Frankstein da direita ganhar as eleições.

As críticas são imprescindíveis (desde que construtivas) e devem ser publicadas, é claro, ou então dirigidas para aqueles que podem efetivamente melhorar as coisas.

No meu caso, só posso atuar na primeira opção, pois não tenho contato com nenhum dirigente petista ou mesmo pessoa ligada ao governo e nem tenho espaço na mídia corporativa. Os que têm, ótimo, mãos à obra!

Só tenho uma certeza: desacreditar o PT ou então dividir as esquerdas baseados em denúncias não comprovadas (ainda) só vai fortalecer a direita. Infelizmente a realidade atual é essa. Quem sabe um dia isso muda e a gente possa ter outras opções realistas na esquerda e não esses fanáticos extremistas que pregam algo inviável e francamente irresponsável? Enquanto esse dia não chega, vamos botar os pés no chão e defender o que ajudamos a construir. Se não fizermos isso, quem vai fazer?

A direita já está fazendo o que dela se espera - seja via seus lacios da mídia corporativa, seus representantes no congresso ou via os alienados de plantão que repetem como papagaios acéfalos tudo que a imprensa os enfia goela abaixo como "verdade factual".

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...